Dicas

Médicos de família e centros de saúde: como tratar da inscrição

12 março 2019
criança em consulta com o médico de família no centro de saúde

Sabia que pode fazer inscrição temporária num centro de saúde por mudança provisória de casa? Esclarecemos várias questões sobre as unidades de saúde.

Pedir e usar os serviços

Entre os serviços disponíveis nos centros de saúde, há dois totalmente gratuitos para os utentes:
As restantes consultas, presenciais ou de urgência, podem implicar o pagamento de taxas moderadoras. Saiba quem está isento desses custos.

A marcação de consultas presenciais pode ser feita pelo próprio, um familiar ou amigo, por telefone, internet (no Portal do Utente) ou presencialmente, na USF/USCP onde está inscrito, ou num Espaço do Cidadão que disponibilize o serviço.

Já as consultas urgentes implicam a deslocação do utente até à sua unidade de saúde ou ao serviço de atendimento permanente, ou urgente, do centro de saúde da área da ocorrência.

As USF e USCP disponibilizam ainda cuidados domiciliários, mediante solicitação. Têm direito a usufruir destes cuidados em casa os utentes que não conseguem deslocar-se até ao centro de saúde por doença súbita, incapacidade crónica ou velhice.

Como utente inscrito num centro de saúde, tem ainda acesso aos seguintes serviços:
  • renovação de receituário crónico, ou seja, de receitas para medicamentos usados continuadamente (consulta sem a presença do utente);
  • obtenção de relatórios, como atestados comprovativos da aptidão física ou mental do utente (implica marcação de consulta); 
  • realização de exames complementares de diagnóstico, como análises clínicas e radiografias, mediante a prescrição médica e se a unidade de saúde estiver equipada para os fazer. Se não estiver, são passadas credenciais para realização dos exames em hospitais, laboratórios ou centros de diagnóstico com os quais o Sistema Nacional de Saúde celebrou acordos. Em ambos os casos, é necessário marcar consulta.