Dicas

Cuidar de um doente em casa

26 março 2015
Cuidar de um doente em casa

26 março 2015

Quem sofre de uma doença incurável e progressiva, como cancro e demência, prefere ser tratado em casa. Pesquisámos o preço de muletas e outro material e ajudamos os cuidadores a lidar com a doença.

Falta de apetite

A dor e outras complicações, como queixas de estômago, esófago e intestinos, podem levar à falta de apetite. Mais próximo do fim da vida, o organismo nem sempre consegue digerir os alimentos com eficácia. A família e os cuidadores devem estar preparados para o apetite diminuir à medida que a doença se instala. Ingerir pequenas porções e deixar o doente escolher os alimentos preferidos ajudam a mitigar o problema. E, embora não deva ser forçado, pois o organismo pode rejeitar os alimentos, os cuidadores devem continuar a incentivá-lo. O médico deve investigar e, se possível, tratar a causa da falta de apetite. A comida deve ser o mais apelativa possível.