Notícias

Meias de compressão: até onde melhoram a corrida

18 janeiro 2016
Meias de compressão

18 janeiro 2016

Têm fama de melhorar o desempenho desportivo e de facilitar a recuperação das pernas depois do exercício. Os nossos especialistas revelam se valem a pena.

As meias de compressão até ao joelho estão nos pés de cada vez mais corredores e ciclistas. A publicidade diz que melhoram o desempenho desportivo, previnem lesões e reduzem o cansaço das pernas no pós-exercício. Supostamente, porque ao apertarem o corpo, melhoram a aerodinâmica do corredor, tornando-o mais rápido e com mais força. 

A teoria é boa, mas faltam provas concretas de que as meias de compressão melhorem o desempenho desportivo. Os estudos sobre este produto não permitem tirar conclusões. Por um lado, confirmam uma melhoria na circulação sanguínea e mais oxigénio nos músculos, dois fatores que podem melhorar o desempenho físico. Por outro lado, nenhum estudo conseguiu provar um aumento efetivo da performance do atleta devido ao uso deste tipo de meias. 

Há maneiras mais eficazes de melhorar o desempenho, prevenir lesões e reduzir o tempo de recuperação. Para o primeiro objetivo, uma alimentação equilibrada, um bom plano de treino, descansar bem, entre outros, são fundamentais. A melhor forma de prevenir lesões é fazer um bom aquecimento e alongamentos, apostar num equipamento adequado e não treinar em excesso. Para recuperar rapidamente, o segredo é dormir, comer bem e hidratar-se.

Nenhum estudo encontrou contraindicações no uso de meias de compressão e há pessoas que se sentem bem com elas e consideram que correm mais e melhor quando as usam. Neste caso, os nossos especialistas aconselham a usá-las. 

Se quer saber mais pormenores sobre os efeitos das meias de compressão no desempenho, na recuperação e na prevenção de lesões visite a plataforma FitMap.