Notícias

Inatividade física pode custar 900 milhões de euros por ano

31 março 2017
custos da inatividade física

31 março 2017
A estimativa é da Organização Mundial de Saúde para um país de 10 milhões de habitantes, com metade da população fisicamente inativa. Aplicado a Portugal, corresponde a 9% do orçamento do Ministério da Saúde para 2017.

A Direção-Geral da Saúde (DGS) estima que a inatividade física em Portugal seja responsável por 14% da mortalidade e por algumas doenças como os cancros colorretal e da mama, a diabetes do tipo II e problemas coronários. Doenças que implicam custos de saúde diretos (internamentos, medicamentos e cirurgias) e indiretos (perda de produtividade por doença ou morte prematura) e que o Programa Nacional para a Promoção da Atividade Física da DGS tenta combater.

O cenário da inatividade em Portugal preocupa, já que dados do Eurobarómetro de 2014 revelaram que 72% dos adultos portugueses “nunca” ou “raramente” faziam exercício ou desporto e apenas 23% cumpriam as recomendações da Organização Mundial de Saúde (OMS). O Inquérito Nacional da Saúde de 2014 também mostrou conclusões aquém do recomendado: apenas 20% dos inquiridos com mais de 15 anos praticava exercício físico, pelo menos, três vezes por semana.

Custos de ficar parado

O custo total da inatividade física em Portugal varia entre os 210 milhões e os 460 milhões de euros, de acordo com um artigo da revista científica Lancet, publicado em 2016. Estes valores apenas consideraram os custos diretos de cinco das 22 doenças e condições que o exercício físico pode prevenir. Outros custos indiretos, como o absentismo e os custos do apoio familiar ao doente, não foram considerados no estudo da Lancet. Tudo contabilizado, os valores devem aproximar-se dos 900 milhões estimados pela OMS.

Benefícios do exercício físico

Doenças cardiovasculares, oncológicas e respiratórias, diabetes e depressão podem ser prevenidas com a atividade física. A OMS recomenda, aos adultos, a prática de 150 minutos por semana de atividade física moderada que pode ser corrida, caminhadas em passo rápido, aulas de dança, exercício físico num ginásio ou mesmo a prática de um desporto. Quanto maior for a prática de exercício, menor o risco de mortalidade. O ideal seria conseguir praticar, no mínimo, 20 a 25 minutos diários de atividade física moderada.

A prática regular de atividade física adequada promove o bem-estar físico e mental, ajuda a controlar o peso, favorece o bom desenvolvimento dos ossos, músculos e ligamentos, contribui para uma melhor gestão do stresse e para o aumento da autoestima. Também diminui os riscos de doenças cardíacas, osteoporose, diabetes, hipertensão, cancro do cólon e da mama, depressão e ansiedade.

Exercício físico sem custos

Quem não tem tempo para se inscrever num ginásio ou praticar um desporto pode integrar as atividades físicas na vida diária, recorrendo a pequenos truques. No trabalho, pode optar por descer as escadas em vez do elevador, fazer percursos mais longos em pequenas tarefas e estacionar o carro mais longe ou sair do autocarro uma paragem antes. Na vida pessoal, podem-se fazer passeios a pé ou de bicicleta ou ir às compras sem levar o carro.

Para os que preferem algo mais ativo, o preço das atividades e a falta de opções para a prática de exercício físico deixaram de ser desculpa com a nossa plataforma online FitMap, que apresenta a informação dos melhores sítios do país onde se podem fazer atividades físicas ao ar livre e gratuitas. De forma clara e navegação acessível, cada desportista registado tem acesso aos locais de treino ao ar livre em Portugal Continental, Madeira e Açores. Ao selecionar a zona geográfica e uma das modalidades disponíveis na plataforma, cada utilizador recebe as coordenadas GPS, a morada e os detalhes de cada espaço.

Quem quiser participar em provas ou eventos agendados no país, fica a saber o custo e a distância e, se tiver interesse em saber mais, é redirecionado para o site da organização e pode logo incluir a prova na agenda da sua área pessoal. Além disso, pode agendar os seus próprios treinos na plataforma, criar grupos de amigos e partilhar comentários.


Imprimir Enviar por e-mail