Notícias

Ginásio em obras

20 dezembro 2012 Arquivado

20 dezembro 2012 Arquivado

O nosso leitor R.C., do Porto, contratou e pagou 90 dias de exercício num ginásio, mas foi impedido de praticar durante duas semanas, devido a obras nas instalações.

O leitor comprou um “pacote de 90 dias” num ginásio, que deveria utilizar entre julho e setembro. No final de agosto, o estabelecimento fechou para obras, pelo que R.C. foi impedido de praticar exercício. Por isso, pergunta-nos se pode exigir o prolongamento do contrato por mais duas semanas, sem custos.

Se o leitor não foi avisado, aquando da compra, de que a interrupção iria ocorrer, pode exigir o prolongamento do contrato por mais duas semanas. Deve falar com os responsáveis do ginásio ou enviar-lhes o pedido por correio eletrónico. Em caso de recusa, pode pedir o livro de reclamações e registar a queixa. Esta será analisada e respondida pela Autoridade de Segurança Alimentar e Económica (ASAE).