Termómetros

20  Já testados

Testámos termómetros digitais e descobrimos que, por regra, os modelos de inserção são mais precisos e mais baratos do que os de infravermelhos. O único senão é serem menos práticos, sobretudo, para usar em crianças pequenas.

Ver 20 Termómetros
mulher a segurar termómetro

Infravermelhos

termómetro de infravermelhos

Adequados para medir a febre no ouvido e/ou na testa.

Ver 10 Termómetros

Inserção

Termómetro de inserção

Indicado para medir a febre na axila, boca e reto.

Ver 10 Termómetros
Termómetro

Como escolher o termómetro

Os termómetros digitais de inserção vencem na fiabilidade, mas os de infravermelhos são mais práticos, sobretudo, para medir a temperatura em crianças irrequietas. Nos primeiros, a ponta flexível pode ser uma mais-valia, por exemplo, para as medições na boca. Saiba como fazer a sua escolha certa.

Termómetros: como testamos

Um termómetro quer-se fiável e resistente. Em laboratório, verificámos a precisão e a reprodutibilidade dos aparelhos através de medições de temperatura em água, sendo esta controlada por um termóstato. Cada termómetro foi também testado por um painel de utilizadores, que mediram a temperatura axilar, em si próprios e numa criança. Por fim, três dezenas de quedas permitiram avaliar a robustez. 

Ver como testamos