Notícias

Trabalho por turnos: alteração de hábitos tem riscos para a saúde

Minimizar os danos

Fazer pequenas refeições durante o trabalho
Quem faz o horário noturno deve evitar refeições abundantes e pesadas que vão causar dificuldade de digestão, perturbam o sono e causam fadiga. É preferível fazer a refeição principal antes do turno e comer várias vezes durante o período de trabalho.

Ter uma alimentação saudável e equilibrada
Pode parecer mais difícil em termos de organização, mas a melhor forma de ter uma alimentação saudável e equilibrada é levar as próprias refeições para o trabalho. Assim, evitam-se os produtos das máquinas de venda automática (pouco ricos do ponto de vista nutricional). Se possível, comer devagar e num ambiente relaxado.

Beber muita água durante o turno
Manter a hidratação é uma boa forma de melhorar a concentração, reduzir a fadiga e manter um estado de alerta mais prolongado.

Evitar alimentos e bebidas ricos em açúcares
Dão uma sensação de energia, mas é aparente porque o efeito é de curta duração. Para prolongar a sensação de energia, recomendam-se alimentos ricos em fibras e hidratos de carbono complexos.

Menos café e bebidas energéticas
O consumo exagerado de café, chá e bebidas energéticas pode desidratar e afetar o sono. Recomenda-se a ingestão máxima de 300 mg de café por dia, o equivalente a 3 cafés expresso. Durante o turno, pode ser ingerido 15 minutos antes de realizar tarefas críticas para aumentar o estado de alerta. Deve evitar-se a ingestão de bebidas com cafeína até 4 horas antes de deitar.

Comer no fim do turno
Ir para a cama com fome pode dificultar o adormecer. Comer em demasia também. Por isso, fazer uma refeição ligeira pode ser uma boa opção depois de um turno.

Dormir 7 a 8 horas
Mesmo que seja fora do dito "horário normal", é importante dormir as horas mínimas necessárias (7 a 8 horas). Para quem trabalha de noite, pode ser mais difícil dormir durante o dia, por causa do barulho. Para haver um maior isolamento e descanso, convém desligar o telemóvel.

Exercício físico
A atividade física contribui para a regulação do stresse e do sono e para o controlo do peso.