Notícias

Doze medidas para reduzir o risco de cancro

O cancro é das doenças mais fatais na Europa e a tendência é para o aumento do número de casos, sobretudo, pelo aumento da longevidade. Os cancros com maior mortalidade são o do pulmão, o colorretal, o da mama e o da próstata, segundo dados de 2018 do Observatório Global do Cancro.

Qualquer pessoa pode desenvolver um tumor maligno, mas há fatores, além da hereditariedade, que aumentam a propensão. Embora o organismo possua defesas contra algumas mutações, estas podem ficar enfraquecidas por agentes externos como os químicos cancerígenos do fumo do tabaco. O consumo de tabaco está na origem da maioria dos casos de cancro do pulmão.

Outros fatores que influenciam o surgimento da doença incluem a obesidade e o excesso de peso, o sedentarismo, o consumo de álcool, a exposição excessiva ao sol e a outras fontes de radiação (como o radão), bem como a produtos químicos cancerígenos e determinadas infeções. Por estes motivos, a proteção e prevenção são aconselháveis em qualquer idade.

O Código Europeu Contra o Cancro aconselha doze medidas para reduzir o risco de incidência da doença:

  1. Não fume (não consuma qualquer forma de tabaco).

  2. Faça da sua casa um local sem fumo e apoie regras antitabágicas no local de trabalho.

  3. Mantenha um peso saudável.

  4. Mantenha-se fisicamente ativo no dia-a-dia, limitando o tempo que passa sentado.

  5. Tenha uma dieta saudável: coma bastantes cereais integrais, leguminosas, vegetais e frutas, de preferência da época; limite os alimentos muito calóricos (com muito açúcar ou gordura) e evite as bebidas açucaradas; evite as carnes processadas (enchidos, carnes fumadas, etc.), as carnes vermelhas e os alimentos com elevado teor de sal.

  6. Se consumir álcool, limite o seu consumo. Não consumir bebidas alcoólicas é benéfico para a prevenção do cancro.

  7. Evite a exposição excessiva ao sol, especialmente nas crianças. Use protetor solar. Não use solários.

  8. Proteja-se de substâncias cancerígenas no seu local de trabalho, seguindo as instruções de segurança e saúde.

  9. Verifique se está exposto a elevados níveis de radiação derivada de radão natural em casa. Tome medidas para reduzir os níveis elevados de radão.

  10. No caso das mulheres, a amamentação reduz o risco de cancro da mama. Se puder, amamente o seu bebé. A terapêutica hormonal de substituição (THS) aumenta o risco de determinados cancros. 

  11. Assegure-se de que os seus filhos estão vacinados contra a Hepatite B (no caso dos recém-nascidos) e o Vírus do papiloma humano (HPV) (para raparigas e, a partir de outubro de 2020, também disponível para os rapazes nascidos a partir de janeiro de 2009).

  12. Participe em programas de rastreio do cancro: cancro colorretal (homens e mulheres); cancro da mama e do colo do útero (mulheres).

Visite a página do Código Europeu Contra o Cancro para conhecer mais detalhes sobre os vários tipos de cancro, o que o provoca e o que pode fazer.

Serviço para doentes oncológicos no SNS

Um novo serviço do Centro de Contacto do Serviço Nacional de Saúde (SNS24), específico para doentes oncológicos em tratamento, vai estar disponível 24 horas por dia. A nova valência foi desenhada em conjunto com a Sociedade Portuguesa de Oncologia para dar resposta a complicações que estes doentes muitas vezes têm quando fazem os tratamentos, como náuseas, vómitos, diarreia, entre outros.

O objetivo é evitar que as pessoas tenham de dirigir-se a serviços de urgência ou a outros serviços clínicos que não conhecem, exceto quando é mesmo necessário.

Se ainda não tem conta no site, clique no botão abaixo para se registar e conhecer todas as vantagens.

Junte-se à maior organização de consumidores portuguesa

Num Mundo complexo e com informação por vezes contraditória, a DECO PROTESTE é o sítio certo para refletir e agir.

  • A nossa missão exige independência face aos poderes políticos e económicos. 
  • Testamos e analisamos uma grande variedade de produtos para garantir que a escolha dos consumidores se baseia em informação rigorosa. 
  • Tornamos o dia-a-dia dos consumidores mais fácil e seguro. Desde uma simples viagem de elevador ou um desconto que usamos todos os dias até decisões tão importantes como a compra de casa.
  • Lutamos por práticas de mercado mais justas. Muitas vezes, o País muda com o trabalho que fazemos junto das autoridades e das empresas. 
  • Queremos consumidores mais informados, participativos e exigentes, através da informação que publicamos ou de um contacto personalizado com o nosso serviço de apoio.

A independência da DECO PROTESTE é garantida pela sustentabilidade económica da sua atividade. Manter esta estrutura profissional a funcionar para levar até si um serviço de qualidade exige uma vasta equipa especializada.

Faça parte desta comunidade. Registe-se para conhecer todas as vantagens, sem compromisso. Subscreva em qualquer momento.

 

Junte-se a nós