Notícias

Consultas de psicologia e pedopsiquiatria custam de 17 a 125 euros

Menos soluções a sul do Tejo

psicologia é uma opção mais disseminada pelo País do que a pedopsiquiatria no que ao setor privado diz respeito. Basta atentarmos nos números do nosso estudo. Conseguimos recolher 128 preços para a primeira especialidade e apenas 63 para a segunda. Mais: não conseguimos marcar consultas de pedopsiquiatria nos distritos da Guarda e de Beja, um problema se tivermos em conta que estas são das regiões onde o setor público também não proporciona grandes soluções.

Verificámos igualmente maior concorrência no setor da psicologia, bem patente na forte oscilação de preços: as primeiras consultas podem custar entre 17 e 110 euros, embora o valor mais frequente se fixe nos 50 euros. Nas sessões seguintes, é normal o custo baixar. Os pais podem esperar, em média, 45 euros. Na maioria dos casos, é possível obter consulta em cinco dias, sendo raros os casos em que o prazo ultrapassa as duas semanas. Lisboa e Porto são, sem grande surpresa, os distritos com mais oferta ao nível da psicologia.

Na pedopsiquiatria, os preços podem ir de 50 a 125 euros na primeira vez, mas o mais normal é serem cobrados 80 euros. Também neste caso existe uma tendência para as sessões seguintes serem mais baratas. O preço mais frequente corresponde a 70 euros. Como a oferta ao nível da pedopsiquiatria é inferior, não espanta que, embora a maioria das clínicas consiga agendar num período de até 10 dias, algumas ultrapassem as duas a três semanas. Lisboa destaca-se com a oferta mais alargada de serviços e o Porto segue-a a alguma distância. O resto do País conta com opções bastante mais exíguas.