Notícias

Ansiedade e depressão: medicamentos são o principal tratamento

Início

Problemas financeiros, de saúde e familiares são as principais causas de depressão e ansiedade, diz o nosso inquérito. E, quando a angústia aperta o peito, antidepressivos e ansiolíticos são os tratamentos mais receitados pelos médicos.

27 novembro 2017
depressao

Thinkstock

As estatísticas mostram que, quanto mais vivemos, mais sobe a incidência de doenças mentais. Isso mesmo reconhece o Programa Nacional para a Saúde Mental 2017, que traça um diagnóstico do panorama nacional e acrescenta dados para refletir. Estamos também mais depressivos e ansiosos. Em apenas cinco anos, entre 2011 e 2016, os casos quase duplicaram. Assim como aumentaram, e muito, as doses diárias de antidepressivos e ansiolíticos receitadas. Daí o documento recomendar mais rigor ao prescrever, num país em que, segundo a Organização Mundial da Saúde, 5,7% da população sofre de depressão, uma das mais pesadas incidências do mundo.

Para investigar aquela que é considerada a doença do século XXI, realizámos um inquérito junto da população entre os 30 e os 80 anos. Obtivemos 1213 respostas, que refletem as opiniões e experiências dos participantes.


Imprimir Enviar por e-mail