Dicas

Hepatite A: o que é, como se transmite e como prevenir

31 março 2017
Hepatite A

31 março 2017
Portugal reportou 115 casos de hepatite A desde o início do ano. O contacto sexual tem sido apontado como o principal meio de transmissão. Saiba como prevenir.

Início

A hepatite é uma inflamação do fígado. Consoante o vírus que a provoca, pode curar-se de forma simples ou, pelo contrário, tornar-se crónica e exigir tratamento prolongado.

O contacto sexual é apontado como a causa do surto de hepatite A que está a afetar a Europa. Uma parte dos casos identificados corresponde a homens que fazem sexo com homens.

Normalmente, o contágio ocorre através da ingestão de alimentos ou de água contaminados ou do contacto com as fezes de um doente. Por isso, há pessoas que correm maior risco de contrair hepatite A, como os viajantes para regiões onde a doença é frequente (Ásia, África, América Central e do Sul). A transmissão através de contacto sexual tem sido descrita como causa e, neste caso, correm mais risco as relações homossexuais masculinas que envolvam práticas de sexo anal (com ou sem preservativo), oro-anal, com múltiplos parceiros e praticado em saunas e clubes, entre outros locais.

Há outras formas de contágio, como ingerir alimentos ou água contaminados ou ainda através de:

  • má higiene da pessoa infetada após a ida à casa de banho e antes do contacto com objetos e comida;
  • troca de fraldas de um doente;
  • limpeza insuficiente da sanita utilizada por alguém infetado.

Por estas razões, familiares ou parceiros sexuais de pessoas infetadas, toxicodependentes,  pessoas com défice de fatores de coagulação e profissionais de saúde também estão entre os grupos de risco.

O período médio de incubação da hepatite A é de 28 a 30 dias, mas pode variar entre 15 e 50 dias. O período de maior probabilidade de contágio ocorre na segunda metade do período de incubação e nessa fase o doente ainda não tem sintomas.


Imprimir Enviar por e-mail