Cartas-tipo

Denúncia de burla

13 fevereiro 2017
carta-tipo

13 fevereiro 2017
Por correio registado ou e-mail, uma reclamação por escrito serve de prova e pode ser decisiva para resolver o seu conflito. Identifique bem quem envia, o destinatário e a data e exponha claramente os factos. Guarde cópias do envio.
Nome e morada completa do remetente

Exmo. Senhor Procurador do Tribunal
de Instrução Criminal de …………………………

Localidade e data

Carta registada com aviso de receção

Assunto: Denúncia de burla.

Exmo. Senhor Procurador,

……………………………, portador do cartão de cidadão n.º …………………… e residente em ………………………………, vem, por este meio, dar conhecimento da atuação da empresa ………………………, com o apartado postal n.º ……………….

No dia 22 de outubro do corrente ano, depois de ler um anúncio no jornal …………… sobre o produto …………………, destinado à cura do reumatismo, enviei para aquele apartado um pedido de três embalagens. Como, de acordo com o anúncio, cada embalagem custava € 15, juntei um cheque no valor de € 45.

No dia 6 de novembro, verifiquei, pelo extrato bancário, que o cheque, com o n.º ………………, sobre o Banco ……………, já tinha sido apresentado a pagamento, o que me pareceu normal, pensando que não tardaria a receber as embalagens encomendadas. No entanto, como, 1 mês depois, ainda não tinha recebido qualquer encomenda, escrevi uma carta dirigida ao tal apartado, indagando as razões do atraso. Para minha surpresa, a carta foi devolvida pelos CTT, com a indicação de que o apartado já não existia. Questionados sobre a identidade das pessoas que o tinham alugado, os CTT responderam que não podiam divulgar tais elementos e que não assumiam qualquer responsabilidade pelos atos de quem alugava os apartados.

Como não posso aceitar que as pessoas da alegada empresa ajam impunemente, e entendendo que o meu silêncio apenas contribuiria para que voltassem a fazer o mesmo, venho, por este meio, solicitar que os vossos serviços investiguem a identidade dos responsáveis por este comportamento criminoso e que lhes seja dada a punição prevista na lei para este tipo de crime.

Sem outro assunto de momento, apresento os melhores cumprimentos,

(Assinatura)

Anexos: Cópias do anúncio do jornal e do extrato bancário.