Notícias

Tintas para cabelo: metade não resiste às lavagens

Início

Tendem a cumprir a cor prometida e cobrem todos os fios de maneira uniforme. Mas algumas falham quando aplicadas em cabelos brancos e outras resistem pouco às lavagens. A maioria inclui ingredientes irritantes para peles sensíveis.

  • Dossiê técnico
  • Susana Costa Nunes e Susana Santos
  • Texto
  • Inês Lourinho
25 setembro 2018
  • Dossiê técnico
  • Susana Costa Nunes e Susana Santos
  • Texto
  • Inês Lourinho

José Pedro Tomaz

As tintas para cabelo são, sem surpresa, dos cosméticos mais populares e não requerem grande ciência na aplicação, pelo que podem ser usadas em casa. As marcas são às largas dezenas, e as cores propostas não lhes ficam atrás. Para o nosso estudo, selecionámos 12 das tintas permanentes mais vendidas, num tom comum entre a população portuguesa: castanho-claro.

Conseguimos encontrar um produto com poucos ingredientes agressivos, que cobre uniformemente o cabelo, resiste às lavagens, é fácil de aplicar e agrada às utilizadoras. Obteve, por isso, os títulos de Melhor do Teste e Escolha Acertada, e custa, números redondos, entre 9 e 11 euros. Se pintar o cabelo a cada seis semanas, permite poupar 38 euros por ano face ao produto mais caro do teste, que regista piores resultados

A nossa Escolha Acertada pode ficar mais barata (custa 9,35 euros), e é igualmente eficaz. Mas inclui mais substâncias agressivas para peles sensíveis.

Não quer perder pitada do teste? Veja os resultados completos e como testamos no vídeo. 

 

Este artigo pode ser reproduzido para fins não-comerciais se for indicada a fonte e contiver uma ligação para esta página. Ver Termos e Condições.