Notícias

Desodorizantes: quem pode levantar o braço sem receios

01 outubro 2015

01 outubro 2015

Os desodorizantes e antitranspirantes têm funções distintas, mas a maioria dos produtos é uma mistura dos dois. São poucos os cosméticos que também protegem a roupa das manchas.

Testámos 14 produtos com funções desodorizantes e antitranspirantes para mulher e 5 para homem, em spray e roll-on.

Teste a desodorizantes em laboratório

O desodorizante permite mascarar, reduzir ou até mesmo eliminar o cheiro desagradável do suor. Já os produtos antitranspirantes podem ajudar quem sofre de transpiração excessiva e prometem reduzir a quantidade de suor produzido e contêm sais de alumínio. Para saber qual é qual, confirme se o alumínio está presente na lista de ingredientes. 

Conheça os produtos mais eficazes nos resultados do teste. Nos produtos para mulheres, se optar pela nossa Escolha Acertada poupa € 5,79 face ao produto mais caro e com pior desempenho em laboratório.

Limpe os mitos
Pode usar um produto antitranspirante todos os dias. Mas é aconselhável lavar as axilas à noite para os poros ficarem completamente abertos. O produto só deve ser novamente aplicado sobre a pele limpa e não irritada.

Os antitranspirantes não alteram a capacidade geral de suar. O suor é produzido por 2 a 5 milhões de glândulas sudoríparas. Surpreendentemente, há poucas glândulas nas axilas e produzem apenas 1% do suor geral (parece mais por não se evaporar com facilidade debaixo dos braços). Os antitranspirantes produzem uma película fina sobre a pele que reduz a transpiração nas axilas, mas não a altera significativamente no resto do corpo.

Se for fazer uma mamografia não é aconselhável usar antitranspirante. A maioria dos produtos contém alumínio, um metal que pode adulterar o resultado da mamografia através do aparecimento de pequenas manchas. Estas podem parecer microcalcificações e confundirem-se com um sinal de cancro. Sem antitranspirante, evita que a imagem seja mal interpretada. Também não está provado que o alumínio presente nos antitranspirantes seja prejudicial e que provoque o desenvolvimento de cancro da mama.