Alertas

Colgate Total: concentração de triclosan anunciada não prejudica a saúde

03 fevereiro 2015 Arquivado

03 fevereiro 2015 Arquivado

Algumas notícias associam o triclosan a doenças cancerígenas em animais. Os consumidores perguntaram-nos se há perigo em usar a pasta de dentes Colgate Total.

Em agosto de 2014, algumas notícias relacionaram o triclosan ao surgimento de doenças cancerígenas em animais.

O triclosan é um antissético utilizado em vários produtos, como os de lavagem bucal e os dentífricos. A sua função é reduzir ou prevenir as contaminações microbianas. Mas certos estudos indicam que pode ter algum impacto negativo no sistema hormonal, estando este associado, nalguns casos, ao surgimento de doenças cancerígenas.

Segundo o Comité Científico da Segurança dos Consumidores (CCSC) da Comissão Europeia, a utilização do triclosan num máximo de 0,3% em dentífricos, e de 0,2% em produtos de lavagem bucal, não é prejudicial à saúde. Por isso, em abril de 2014, foi aprovado um regulamento europeu que limita a concentração máxima da substância a esses valores, nos produtos referidos. A diferença de 0,3% para 0,2% deriva do facto de, nas pastas de dentes, o contacto com as mucosas ser mínimo, pelo que a absorção é reduzida. Nos elixires bucais, há um contacto maior, que aumenta a absorção, existindo ainda o risco de ingestão. Daí a concentração ser menor.

No rótulo da Colgate Total (Original e Branqueador Avançado) que analisámos a 14 de agosto de 2014, a concentração apresentada para o triclosan era de 0,3 por cento. Considerámos o uso da pasta seguro, desde que o máximo da substância estivesse de acordo com a lei.

O rótulo da Colgate Total anuncia a quantidade de triclosan permitida na União Europeia.
O rótulo da Colgate Total anuncia a quantidade de triclosan permitida na União Europeia.

A posição foi corroborada pelo Infarmed, a entidade nacional que regula os medicamentos e os produtos de saúde. Num comunicado emitido a 13 de agosto de 2014, afirmou que, até à data, não havia recebido “qualquer alerta formal sobre a existência de produtos da Colgate Total com concentrações de triclosan superiores ao permitido legalmente”.

A Colgate não é a única marca comercializada em Portugal que contém a substância. Para saber se está incluída no seu dentífrico, basta analisar a lista de ingredientes do rótulo da embalagem.

Nas quantidades permitidas, o triclosan é benéfico, pois reduz o surgimento de gengivites e de periodontites (destruição dos tecidos que suportam e envolvem os dentes, que pode levar à sua queda).

Independentemente da sua pasta dentífrica, o mais importante é manter uma higiene oral regular. Lave os dentes, no mínimo, duas vezes por dia, uma delas obrigatoriamente antes de dormir.