Dossiês

Depilação a laser ou com luz pulsada: técnicas e dicas

09 maio 2019
depilacao luz pulsada

09 maio 2019
Os métodos de depilação dita definitiva não garantem a eliminação total dos pelos, mas permitem reduzi-los de forma permanente. A laser ou com luz pulsada, os resultados dependem do tipo de pelo e pele.
 

Cuidados a ter antes e depois

Antes de iniciar um tratamento, para depilação dita definitiva, identifique o tipo de pele. Há seis fototipos. A máxima eficácia da fotodepilação verifica-se em pele branca com pelos negros e grossos: quanto maior o contraste entre a cor da pele e a dos pelos melhores são os resultados. Os feixes de luz não atuam sobre pelos brancos e pouco atingem os loiros claros e os ruivos. 

Ao contrário do que acontece com a exposição ao sol, a pele escura corre maior risco de queimadura. A melanina que lhe dá cor e a defende dos raios solares absorve luz da fotodepilação, que pode danificar os tecidos. 

Caso reúna condições para fazer este tipo de depilação, é importante saber que:

  • não pode arrancar os pelos no mês anterior, para que os folículos estejam intactos;
  • a pele deve estar o mais "branca" possível e não convém alourar os pelos;
  • no dia do "tratamento", corte os pelos com uma lâmina;
  • nas 24 horas a seguir à depilação, não exponha a zona depilada ao sol;
  • use protetor solar, no mínimo, com fator 30, sempre que andar ao ar livre nas duas semanas seguintes ao tratamento;
  • não use autobronzeadores. 

A depilação com IPL pode ter como efeitos: pele seca, queimaduras, descoloração ou hiperpigmentação da pele, inflamação ou infeção. Para minimizar os riscos, teste o aparelho numa pequena área não muito sensível e vá aumentando a intensidade do flash enquanto não sentir dor. Espere 24 horas para ver se houve efeitos adversos. Antes da depilação, limpe a pele e não use cremes com AHA (Alfa hidroxy acid) ou BHA (Beta hidroxy acid). No fim, não use cosméticos com perfume ou desodorizante. Não use IPL se tiver feridas, hematomas, eczema, herpes ou pelos encravados inflamados.