Dicas

Desodorizantes em spray: ataque a transpiração com as nossas dicas

20 julho 2011

20 julho 2011

Os produtos testados bloqueiam a transpiração, devolvem uma sensação de pele fresca e evitam manchas na roupa.

Pode causar constrangimento, mas a transpiração desempenha um papel im­portante na saúde. Entre as principais funções, estão o equilíbrio dos níveis de sais no organismo e a regula­ção da temperatura corporal.

O suor não tem odor quando é segregado. Mas é rico em substâncias que as bactérias atacam e metaboli­zam. Em condições favoráveis, como a humidade, a temperatura e o pH da pele, este processo conduz ao cheiro característico.

O recurso a desodorizantes ou antitranspirantes pode devolver frescura às axilas. Testámos produtos antitranspirantes para mulher, homem e unissexo, em spray e invisíveis, ou seja, não deixam manchas na roupa.

Glândulas controladas
A atividade das glândulas que segregam o suor é controlada pelas hormonas sexuais. Daí os homens e as mulheres transpirarem de forma diferente. A fun­ção orgânica é igual, mas o suor masculino é mais abundante e tem odor mais intenso. Os homens pre­cisam de produtos mais eficazes.

As mulheres podem usar desodorizantes com menor teor antitranspirante porque fazem a depilação e eliminam uma fonte de odores. Mas devem evitar produtos com substâncias irritantes ou alergénicas.

Nos desodorizantes testados “sob controlo dermatológico”, isso não garante que estejam livres de causar irritação ou reações alérgicas. Tudo depende da sensibilidade de cada in­divíduo. No entanto, marcas sem álcool, alergé­nios (limoneno, geraniol, etc.) e certos conser­vantes (como a tiazolinona) representam um risco inferior.

Receita para suor menos ativo
Se tende a suar em abundância ou quer sentir-se mais seguro no Verão, um antitranspirante, produto à base de cloro-hidrato de alumínio ou zircónio de alumínio, é a melhor solução. Bloqueia o suor e proporciona uma sensação de pele seca. Pode, no entanto, causar irritação em pessoas mais sensíveis.

Alguns produtos contêm agentes antimicrobianos, para eliminar a fonte do mau odor: as bactérias. Mas alguns podem ser irritantes devido ao álcool, por exemplo, ou causar reações alérgicas e perturbar o equilíbrio da flora bacteriana da pele. É preferível evitá-los ou mudar de marca com fre­quência, para evitar resistências.

Quase todos os produtos revelaram ótima eficácia desodorizante, ou seja, controlam o odor. Entre os desodorizantes para mulher e unissexo testados, também encontrámos marcas que atacam a produção de suor. Já a transpiração masculina foi mais difícil de atacar.

Pele saudável e perfumada
Antes de usar desodorizante, lave as axilas com água e sabão e seque cuidadosamente. Deixe a pele absorver o produto antes de se vestir, para evitar manchas na roupa.

Retire o desodorizante todas as noites com água e sabão e nunca aplique sem ter removido o antigo. Deixe a pele respirar.

Alguns produtos anunciam proteção superior a 24 horas. Mesmo que seja verdade, deixar o desodorizante tanto tempo na pele não é compatível com uma boa higiene. Lave-se e, se necessário, aplique de novo.

A depilação é uma boa forma de evitar maus odores. No entanto, deve esperar algum tempo até aplicar o produto, para não irritar a pele.

Se tem pele sensível, evite desodorizantes à base de álcool e substâncias potencialmente alergénicas.