Como testamos

Secadores de cabelo: como testamos

25 setembro 2019
cabelo castanho claro a ser arranjado com escova e secador

25 setembro 2019
Segurança, temperatura, fluxo e velocidade do ar, taxa de secagem e ruído são alguns dos critérios analisados nas nossas provas.

Os testes de segurança realizados implicam não só a utilização normal como a anormal, ou seja, quando algum fator externo ou avaria afeta o funcionamento correto do aparelho.Os equipamentos devem ter sistemas que protejam o utilizador caso ocorra um curto-circuito no motor ou um bloqueio da ventoinha, devido à entrada de um corpo estranho, por exemplo. Evita-se assim que, entre outras consequências, o aparelho comece a arder.

Também os cabos devem ser suficientemente resistentes à utilização. Para atestar esta característica, dobramo-los 10 mil vezes. As provas de segurança incluem ainda a verificação do acesso a partes ativas, da potência e da corrente dos aparelhos, do aquecimento, da resistência mecânica e da construção do equipamento e da resistência ao fogo, entre outros critérios.

Avaliamos o desempenho com vários testes. Começamos com o nível de ruído emitido. Para analisar a eficácia de secagem medimos a velocidade do ar produzida, o fluxo de ar, os perfis de temperatura que o aparelho apresenta e a taxa de secagem, ou seja, a quantidade de humidade que o secador consegue remover.

 

Este artigo pode ser reproduzido para fins não-comerciais se for indicada a fonte e contiver uma ligação para esta página. Ver Termos e Condições.