Como testamos

Álcool gel: como testamos

09 junho 2020
Pessoa a usar álcool gel

A função das soluções à base de álcool, líquidas ou em gel, é reduzir a flora microbiana das mãos. Em laboratório, determinámos o teor de álcool dos produtos e avaliámos a informação do rótulo.

As soluções antisséticas de base alcoólica (SABA) são preparações à base de álcool (etanol ou isopropanol), líquidas ou em gel, desenvolvidas para aplicar nas mãos com o objetivo de eliminar microrganismos, desinfetando a pele.

Selecionámos 19 produtos que declaravam cumprir as especificações da percentagem de álcool recomendadas pela Direção-Geral da Saúde: 70 por cento. São produtos adquiridos em supermercados, farmácias, parafarmácias e lojas de produtos naturais. Para a análise, não demos preferência ao tamanho, nem ao formato da embalagem (dispensador ou garrafa). Alguns possuíam perfume ou fragâncias alergénicas na sua composição.

Teor de álcool verificado em laboratório

Em laboratório, as amostras foram pesadas e dissolvidas num solvente orgânico. Posteriormente, injetámos uma pequena parte num aparelho (GC-FID, cromatografia gasosa com detetor de ionização em chamas), de forma a separar o etanol e o isopropanol. O teor de cada uma das substâncias é depois determinado.

Rotulagem de álcool gel em análise

O rótulo de um produto desta natureza tem de ter informações claras e indeléveis para que o consumidor não tenha dúvidas quanto à sua utilização e composição.

A nossa avaliação dividiu-se por categorias. Relativamente à informação sobre o fabricante, verificámos se apresentava o nome e a morada, o telefone e o e-mail do país onde está a ser vendido e a página online. Já no que à durabilidade do produto diz respeito, o rótulo deve indicar a data de validade, se o produto está selado e o lote.

A forma como utilizar, se as informações estão em português ou o contacto do Centro de Informação Antivenenos (CIAV) são mais alguns dos critérios avaliados.

A lista de ingredientes é um dos pontos importantes a ter em conta num rótulo. Além disso, o produto deve apresentar a substância ativa (etanol ou propanol) e a sua concentração.

Por último, mas não menos importante, estão as reivindicações. Não ingerir, alegações proibidas, efeitos secundários, instruções de primeiros socorros e manter afastado das crianças são exigências fundamentais no rótulo das soluções à base de álcool.

 

O conteúdo deste artigo pode ser reproduzido para fins não-comerciais com o consentimento expresso da DECO PROTESTE, com indicação da fonte e ligação para esta página. Ver Termos e Condições.