voltar

Identificador via verde carro esposa

Caso encerrado Resolvida sem sucesso

Esta reclamação é pública

Reclamação

J. S.

Para: Via Verde Portugal SA

04/12/2022

Após receção de mail a 11/Novembro/2022 com assunto: “Via Verde - Identificador com falhas - Contrato 516580311 (Procº Nº 2019465946/PR200M) MARIA CRISTINA BAGULHO CONCEIÇAO SILVA O(s) seu(s) identificador(es) não está(ão) a registar corretamente as suas utilizações. Verifique se está(ão) mal colocado(s) no vidro do carro. Se não for esse o caso, deve substituí-lo(s). Pode substituir o(s) seu(s) identificador(es) aqui. Caso este assunto já se encontre resolvido, por favor ignore a presente comunicação” Contactámos via verde pedindo identificação da data e trajeto onde o identificador teria funcionado mal. Foi fornecida data em Setembro na A33. Estranhámos, uma vez que o identificador SEMPRE funcionou bem antes e após data mencionada. Além disso, o carro tem estado em oficina desde dia 28 de Outubro, pelo que não têm passado em lado nenhum. Foi-nos comunicado que estaria já tudo bem, para ignorarmos. Perguntámos se haveria algo a pagar, “não”. Verificámos conta da Via Verde e na realidade nada em dívida. Dia 23/Novembro/2022: “Assunto: Via Verde - Identificador com falhas - Contrato 516580311 (Procº Nº 2019465946/PR201M) MARIA CRISTINA BAGULHO CONCEIÇAO SILVA Continuamos a verificar que os identificadores não estão a funcionar corretamente nem podem continuar a ser utilizados, devendo ser substituídos. É importante que regularize esta situação. Substitua o(s) seu(s) identificador(es) aqui. Caso este assunto já se encontre resolvido, por favor ignore a presente comunicação. Com os nossos cumprimentos, Lista de Identificadores com registos anómalos Contrato Identificador Matrícula 516580311 600884828465 92-OV-02” Verificámos ser de novo o mesmo número de processo. Novo contacto telefónico gravado, informam-nos que na realidade seria a empresa que passaria a alugar identificadores, para não ter o cliente que pagar se o identificador se avariasse. Dissémos de novo não estar interessados na troca de contrato e fomos informados que receberíamos mais um terceiro mail e que se não alterássemos o nosso contrato, ao quarto mail o contrato seria anulado. Não nos parece haver QUALQUER FALHA DA NOSSA PARTE! Se a empresa pretende quebrar contrato por conveniência própria, não é acusando os clientes (de há muitos anos), de falhas por parte dos mesmos!!! PÉSSIMA ESTRATÉGIA. Iremos reclamar para todas as instituições que o permitirem.

Solução pretendida

  • Manter contrato atual enquanto o identificador estiver em condições