voltar

Ecrã de portátil partido durante reparação na clínica fnac

Caso encerrado Resolvida sem sucesso

Esta reclamação é pública

Reclamação

D. G.

Para: fnac

18/11/2022

Aproveitando as férias de verão, dirigi-me à clínica da FNAC para reparar o meu portátil. Durante a sua reparação, os técnicos da FNAC danificaram o ecrã. Responsabilizaram-se prontamente pela sua substituição, indicando que me contactariam assim que recebessem a nova peça. Eu levei o portátil para casa, visto que estava ainda funcional apesar do ecrã rachado. Alguns dias depois, no dia 6 de Setembro de 2022, fui contactado no sentido de me dirigir à loja. Assim fiz, mas quando lá cheguei disseram-me que não poderiam proceder à reparação no local porque, aparentemente, os seus procedimentos não lhes permitiam encomendar a peça em questão. Esta situação surpreendeu-me, visto que não correspondia ao previamente acordado. Para além disso, era para mim incompreensível que uma clínica de reparação de equipamentos não pudesse encomendar peças. Em alternativa, propuseram-me enviar o portátil para o fabricante (ASUS), situação que recusei liminarmente visto que essa reparação pode levar até um mês e eu dependo diariamente do portátil para trabalhar. Foram irredutíveis. Os funcionários registaram o meu pedido para que a FNAC se responsabilizasse pelo pagamento das despesas de reparação efectuadas em outra loja, mas até à data não fui contactado nesse sentido. Na altura, avisaram-me logo que isso nunca tinha acontecido e que dificilmente abririam uma excepção. Preenchi então o livro de reclamação e voltei a casa com o meu portátil por reparar.

Solução pretendida

  • Compensação