voltar

Corte da água sem aviso prévio

Com intervenção da DECO PROTESTE

Esta reclamação é pública

Reclamação

R. P.

Para: SMAS Sintra

25/07/2022

Bom dia, é a 2 vez que faço a mesma queixa à qual, na primeira vez fui forçado a não ter mais a queixa no portal, e a resposta dada pelos SMAS foi - para não ser mal educado com a linguagem - "uma trampa"! Quaixa apresentada da 1vez: Venho por este meio comunicar a V. Exas que no dia 11 de Maio de 2022 fizeram o corte do abastecimento da água. O SMAS-Sintra foi contactado (pela minha esposa) para perceber a situação, no qual responderam que foi por falta de pagamento de uma factura emitida em Dezembro de 2021, com um valor de oito euros e alguns cêntimos. Quando cheguei a casa (trabalho das 07h00 até mais ou menos às 22h/23h - por ser profissional de saúde) ela avisa-me o sucedido, pois bem, em Janeiro, Fevereiro e Março achei estranho as facturas aparecerem com essa informação de "factura em atraso", mas SEMPRE sem a oportunidade de a pagar, ou seja, a informação de pagamento era sempre referente à presente factura e nunca vinha uma informação para; *pagar as duas facturas; ou, *os dois valores para pagar separadamente; Leva-me a acreditar que há má fé por parte do SMAS-Sintra de provocar o corte de abastecimento da água para poder receber 56,96€ pela sua abertura, visto que até então havia um decreto de lei que em estado de pandemia o impedia de executar. ********** Resposta dos mesmos foi: Que tinham enviado uma carta com o valor e que servia de prova (uma cópia da carta), para mim não há prova nenhuma de eu ter recebido; e que eles não têm como colocar uma nova referência na factura - mais uma vez para não ser mal educado com a linguagem, ide esfregar qualquer coisa onde o sol não brilha -

Solução pretendida

  • Reembolso: € 56,96

Resposta (2)

Enviada à DECO PROTESTE a 25 julho 2022

DECO PROTESTE

Para: R. P.

11/08/2022
Esta resposta é privada

DECO PROTESTE

Para: R. P.

14/08/2022
Esta resposta é privada