voltar

Sinitro - Seguro Multi Riscos

Caso encerrado Resolvida sem sucesso

Esta reclamação é pública

Reclamação

E. L.

Para: Fidelidade - Companhia de Seguros, S.A

02/05/2022

Comprei um imóvel no dia 20 de Dezembro de 2021. O imóvel esteve sempre ocupado desde essa data. No dia 25 de Fevereiro de 2022 o administração do prédio verificou que quando abríamos a água na banheira da nossa casa de banho pingava água para a garagem, que fica mesmo por baixo da casa de banho. Quanto isso aconteceu comuniquei de imediato a seguradora (Fidelidade). Que enviou a minha casa um perito. O Perito confirmou por infra vermelhos que o problema deve-se ao desalinhamento das tubagens por baixo da banheira. Não houve danos na área comum do prédio (garagens) apenas a tampa de madeira da tubagem, mas dentro do meu imóvel tenho danos consideráveis nas paredes e chão (parquet) anexos à casa de banho. A Fidelidade recusa-se assumir os custos dos estragos provocados por esta situação. Diz que o meu seguro cobre este tipo de danos mas diz que esta situação é anterior a compra da casa . Também fala em ter a banheira oxidada. Nada disso faz sentido, a banheira está chumbada no chão logo é impossível alguém colocar a mão por baixo da mesma para deslocar os tudos. Se esta situação fosse anterior a 20 de Dezembro de 2022, a garagem estava inundada porque tal como toda gente normal tomamos banho todos os dias e mais do que uma vez por causa do ginásio. Quando à oxidação, uma coisa é ter pontos de oxidação (3 pontos) outra é estar furada o que não é o caso e não seriam esses pontos que originavam a quantidade de água mostrada pelo perito. Entretanto, fiz uma reclamação ao Provedor da Fidelidade e fui informada que seria contactada por eles para fazerem uma nova peritagem. Passados uns dias fui contactada por um Sr (Tiago Cunha) que me disse que reiteiravam a decisão inicilamente tomada que não enviariam nenhum perito e que não suportariam os custos. Perguntei como é que tinham tomado a decisão sem se deslocarem ao local, e ele disse-me que não era necessário. Entretanto, fui aconselhada a ir pessoalmente a um representante da Fidelidade. A Sra que me atendeu viu no meu processo (22MR006860) e disse-me que o que está registado em que tentaram entrar em contacto comigo sem sucesso. O Sr que me vendeu a casa tinha seguro atualizado e pode confirmar. Eu quando comprei a casa estava impecável. Esta situação para mim é inaceitável, fiz um seguro par me precaver de qualquer problema, tenho os meu pagamentos atualizados e quando tenho uma situação como esta o seguro descarta-se, é uma entidade que não me inspira confiança.

Solução pretendida

  • Reparação