voltar

problema com fornecimento de água

Caso encerrado Resolvida com sucesso

Esta reclamação é pública

Reclamação

J. F.

Para: SiMAR Loures

22/01/2022

No passado dia 21/01/2022 foi comunicada no site da simar uma rotura de água com previsão de conclusão às 21:00 de dia 21/01/2022. Hoje dia 22/01/2022 às 15:12, ainda, não temos a água restabelecida, sendo que de todas as chamadas que efectuamos ontem (21:30/ 22:30; hoje às 06:30) a informação facultada a mim, enquanto consumidora, foi sempre que a situação estava regularizada. Inclusivé na chamada das 06:30 de dia 22/01/22 foi -me informado pelo operador contratado pela empresa que presta o serviço de call center da simar, que haviam várias pessoas a comunicar o problema de falta de água, mas que a indicação que tinha é que estava resolvido, desvalorizando totalmente a situação. E, refira-se, que no site da simar desde as 21:00 de ontem não foi prestada qualquer outra informação aos consumidores da área residencial de Famões. No site da simar a única rotura comunicada no dia 22/01/22 é a de Santa Iria da Azoia, sendo que eu resido em Famões. Perante a falta de informação, a desvalorização pela entidade que presta o serviço, desloquei-me ao frente office da Simar, (no Strada outlet) onde fui atendida pela responsável D. Virgìnia Santos que encetou esforços para pereceber se a rotura em Famões estava reportada e quando estaria resolvida. Tendo uma hora depois tido conhecimento que a reparação do dia anterior deu origem a um problema técnico que estaria a ser reparado e sem previsão de resolução. Ao ser benefeciária de um serviço que me é prestado, porque eu pago por ele, tenho o direito de ser informada quando essa prestação não ocorre por facto que não me é imputável, como é o caso. O consumidor tem sempre o direito à informação o que não acontece com a Simar, sendo que a transparência da entidade perante os consumidores não existe. A simar tem a atitude de domíinio e poder absoluto sobre o serviço de prestação de água e o consumidor que pague pelo serviço tem que se sujeitar às condicionantes que podem implicar ter ou não água, independentemente de pagar. Em 2022 tal postura de uma entidade pública é inadmissível. Saliente-se que o direito à informação é um direito constitucionalmente consagrado ".. todos têm o direito de informar, de se informar e de serem informados sem impedimentos e discriminações". E repare-se que 24h depois da água faltar , apenas, passadas 20h da rotura fui informada da real situação da rutura da água, até essa altura a simar transmitiu sempre que não existia rotura de água. E apenas, fui informada porque me desloquei presencialmente a um balcão da Simar e a responsável da Simar do Strada contactou com vários superiores hierárquicos para obter uma resposta. As consequências práticas da situação foram o impedimento de exercício da minha profissão, sendo que o conhecimento atempado e a previsão do tempo de resolução teria diminuído os prejuizos pessoais que tive. Ao exposto acresce, ainda, que fui coartada do direito exercer a minha profissão, de fazer a minha higiene pessoal, beber água... Perante a ausência de resposta por parte do call center da Simar dirigi-me presencialmente ao balcão de atendimento da Simar, onde apresentei competente reclamação no livro de reclamações. Não consegui apresentar reclamação contra a entidade de call center que presta o serviço à Simar, porque todos os intervenientes se recusaram a identificar a mesma. Sendo a Simar uma entidade pública prestadora de serviços tem o dever de informar os consumidores de situações de corte do bem essencial, que é a água. E Eu consumidora , que pago pelo serviço tenho o direito se ser informada sem ter que fazer 20 chamadas sem resposta e sem ter que me deslocar presencialmente a um balcão (que não obstante o tempo decorrido foi o único que informou da sitação, mas que a partir das 15 da tarde encerrou, sendo que além de continuar sem água, não tenho quem me preste mais informações). Perante todo o descrito, e porque esta não é a primeira vez que esta situação acontece, solicito o v/ auxílio por forma a diligenciar para que de futuro eu possa ser informada do corte de água, do tempo que a água demorará a voltar e assim reorganizar a minha vida pessoal e profissional, sem prejuízos de maior.

Solução pretendida

  • Revisão da fatura
  • Compensação
  • Reparação

Resposta (2)

SiMAR Loures

Para: J. F.

22/01/2022

A sua comunicação foi registada com exito. A mesma será encaminhada para tratamento adequado. Com os nossos cumprimentos [cid:image989020.JPG@a3e16c13.4387a6ec] Rua Ilha da Madeira, N°2 2674-504 Loures Tel.: +351 21 984 85 00 Fax: +351 21 984 85 85 geral@simar-louresodivelas.pt www.simar-louresodivelas.pt [cid:image8610ea.JPG@f607f503.4d8254fc] respostaautomaticasimarlouresodivelas

SiMAR Loures

Para: J. F.

17/02/2022

Em anexo se remete(m) o(s) documento(s) relativo(s) ao assunto em epígrafe. Cumprimentos. [:webdoc.smasloures.local/Filecontrol/Documents/Imagens/Logos_Dimensionados/simarsl.jpg] Documento Enviado por: [SIMAR]\ Maria Cristina Silva Data de envio: 17/2/2022 17:13 Documento de saída número: S/7037/2022