voltar

Recusa de aplicação de garantia

Caso encerrado Resolvida sem sucesso

Esta reclamação é pública

Reclamação

P. L.

Para: SEAT PORTUGAL

30/12/2021

Exmos Srs, Venho por este meio reclamar o serviço da Seat Portugal referente há correção de uma avaria no painel de instrumentos do meu carro Seat Ibiza. Para contextualizar toda a situação quero referir que desde que tenho o veículo que tenho tido apenas problemas em diversos sistemas elétricos e que até ao ano de 2020 dirigi-me sempre à oficina da Santogal de Alfragide para resolver os problemas. Sendo que em agosto de 2020 foi necessário inclusive a substituição na integra do painel de instrumentos por uma peça nova de fábrica. Esta substituição foi coberta pela garantia do carro pois esta ainda não tinha excedido o seu período. O problema que venho apresentar nesta reclamação começa após ter-me dirigido à oficina Caetano Retail (representante da Seat assim como a Santogal) e ter sido detetada novamente uma avaria no painel de instrumentos no mês em que acabava a garantia do carro. A razão pela qual me dirigi à Caetano foi puramente por descontentamento no serviço da Santogal. Uma vez detetada a avaria na oficina da Caetano, foi me dito que teria de ser feita uma substituição do painel de instrumentos por uma peça nova de fábrica. No entanto, como referido, este painel já tinha sido substituído na Santogal de Alfragide em agosto de 2020, o que quer dizer que este painel avariado tem pouco mais de 1 ano. Informei a Caetano Retail de toda esta situação, há qual disseram-me que eu teria de me deslocar à Santogal para substituir a peça, porque a peça ainda se encontra na garantia e que apenas a Santogal pode cobrir essa substituição. Caso eu quisesse trocar a peça na Caetano eu teria de acarretar com os custos da peça. Ainda assim, paguei pouco mais de 50 euros pela deteção da falha no painel de instrumentos feita pela Caetano Retail e com isto, saí da oficina da Caetano com o mesmo painel avariado e sem o erro a aparecer no painel (isto porque efetuaram alguma limpeza nos erros do carro para eu poder deslocar-me com o carro até à Santogal). Assim que saí da Caetano, entrei então em contacto novamente com a Santogal de Alfragide a explicar a situação e fiz uma marcação para levar o carro à oficina e para explicar o problema do painel. No dia 06/12/2021 quando fui deixar o carro de manhã na Santogal disseram-me que se o painel tivesse uma avaria e precisasse realmente de ser substituído por um novo, que a Santogal não iria cobrir os custos do painel, relembrando que este painel tinha sido substituído por eles há pouco mais de um ano, em agosto de 2020. Ou seja, disseram-me que não existe garantia de peças, sendo que, estamos a falar não de uma peça de desgaste como pastilhas, ou pneus, mas sim de uma peça de eletrónica fulcral para o funcionamento do carro. Ainda assim, eu insisti em deixar lá o carro porque a Caetano disse-me literalmente para me dirigir à Santogal e explicar o problema e entrei em contacto com a SEAT para saber como é que é possível a Santogal estar a dizer-me que não existia garantia da peça e a Caetano dizer-me que existia, sendo estas duas entidades representantes da mesma marca. Posto isto e após deteção da mesma avaria por parte da Santogal, foi me dito que a marca cobria apenas 30% do custo da reparação como cortesia e que se eu quisesse avançar para a substituição da peça teria de pagar o resto. Ou seja, garantia não, mas desconto sim, o que não faz sentido. Após então ter entrado em contacto com a marca SEAT para esclarecer tudo, foi-me dito o seguinte: "Apesar da grande qualidade dos produtos Seat podem surgir esporadicamente algumas avarias. No entanto, as Oficinas Autorizadas dispõem dos meios que lhes permitem efetuar as respetivas reparações, garantindo naturalmente os padrões definidos pelo Fabricante. Sobre a questão que V.Exa. teve a amabilidade de nos comunicar informamos que a garantia da viatura termina como um todo, não termina por partes, pelo que não há componentes que sejam substituídos dentro da garantia que fiquem com extensão de garantia. Segundo fomos informados a situação não pode já ser revista ao abrigo da garantia pelo que propôs a Oficina um desconto como cortesia comercial no sentido de minimizar os custos da reparação, optando V.Exa. por não aceitar a proposta precedendo ao levantamento da viatura. Facto que naturalmente lamentamos." Esta resposta não vai de encontro com a informação que se encontra disponível no site do governo ao qual vou passar a citar: "Mandei para reparação um bem dentro da garantia, qual o prazo de garantia das peças que foram colocadas em virtude da reparação? As peças colocadas gozam de um prazo de garantia de 2 anos, independentemente do prazo da garantia do bem reparado. " Deixo aqui o link com a fonte de informação: https://www.consumidor.gov.pt/pagina.aspx?f=1&lws=1&mcna=0&lnc=undefined&parceiroid=0&codigoms=0&codigono=61916283AAAAAAAAAAAAAAAA Portanto, a Seat recusa-se a dar a garantia do painel de instrumentos e a Santogal defende-se dizendo que apenas a Seat é que pode dar autorização para a reparação do carro. Assim, visto que já recorri ao email e outros solicito a vossa ajuda para a melhor resolução deste problema. Com os melhores cumprimentos, Pedro Lopes

Solução pretendida

  • Reparação