voltar

Avaliação imóvel

Com intervenção da DECO PROTESTE

Esta reclamação é pública

Reclamação

A. N.

Para: Banco Santander Totta

30/11/2021

Na sequência de um pedido de análise de crédito para habitação, para alteração do valor da hipoteca e consequente retirada da garagem da hipoteca inicial, foi feito o pedido de avaliação de imóvel ao Banco Santander. No dia da visita a avaliadora 1º foi para uma morada diferente, tendo me ligado a descompor por ter fornecido uma morada incorreta (quando a morada não foi fornecida por mim, e ela possuía a caderneta predial do imóvel). Pasme-se que na avaliação (23/08/2021), a avaliação iniciou-se às 17:50 e terminou às 18:00, tendo sido tiradas algumas fotos do interior da habitação, e a única questão colocada foi : "Tem garagem que necessite de ser avaliada?" Não foi colocada mais nenhuma questão, teve que partir de minha iniciativa por forma a que o avaliador verificasse alguns pontos essenciais a uma avaliação de um imóvel, tal como existência de estores elétricos (que não se tinha apercebido), janelas em PVC com vidro triplo e oscilobatentes, tetos falsos com isolamento térmico e iluminação LED, Ar condicionado marca LG em todas as divisões (novos), existência de um sótão com acesso pelo interior da fração (ficado assim como T3+1). Não foram efetuadas quaisquer medições, nem colocada sequer qualquer questão sobre estado da canalização, instalação elétrica e iluminação (que foi colocada nova). É de salientar que na avaliação anterior o imóvel apresentava-se como um T3 transformado em T2, tendo sofrido entretanto obras para repor a tipologia original. O avaliador não se chegou perto sequer das janelas da sala e da cozinha, onde seria possível verificar da existência de novos jardins e estacionamentos, bem como de vista de Mar. Face à forma como decorreu a avaliação, fiz chegar à gestora do meu processo (Santander Totta), e antes de saber qual o valor da avaliação (para que depois não fosse acusado de apenas reclamar porque o valor apresentado não seria do meu agrado), as minhas preocupações pela forma como foi efetuada a avaliação. Após cerca de 3 semanas, foi enviada pela gestora do processo na altura, o relatório da empresa de avaliação (em anexo), com um valor muito abaixo do esperado. Numa breve análise, foram identificados erros grosseiros no relatório, que espelham a falta de empenho/profissionalismo do avaliador. Foram imediatamente transmitidos ao gestor de cliente do balcão Próximo, Sandra Pascoal (14/09/2021). Estes erros eram: Toda a avaliação está elaborada com o pressuposto de o imóvel ser um T2...até em termos comparativos é feita a analise de mercado com imoveis vendidos na zona, T2.....quando o mesmo imóvel T3 possui um valor de 40 ou 50 mil euros acima. Pagina 1-referencia à tipologia do imóvel :T2; Pagina 2- Descrição sumária: referencia, novamente, a T2; Pagina 2- Idade do prédio, 1990, quando na caderneta predial se encontra referido 1991; Página 2- Caixilharia-Aluminio Anodizado com vidro duplo, quando foi referido, no local, que a caixilharia era de PVC com vidro triplo; Páginas 7 e 8 - Existem fotografias de 2 quartos, contudo encontram-se em falta as fotografia do quarto em falta. Não se encontra espelhada a existência de Ar condicionados, novos da marca LG, em todas as divisões, nem a existência de tetos falsos com isolamento térmico e acústico e iluminação embutida em LED nas divisões; Página 10 - Nova referencia, errada, à tipologia T2; Página 11- Quadro de prospeção, elaborado, pasme-se, com base na tipologia T2, quando, é possível verificar a existência, quando os há,, no imovirtual ou idealista, na mesma praceta de imoveis semelhantes (T3 com 2 WC) com preços nunca inferiores a 220.000€. É efetuado estudo comparativo com imoveis não situados na zona, e muitos deles em prédios sem elevador, ora, estamos a comprar o não comparável. Foram nessa mesma reclamação, identificados os imoveis que foram comparados ao meu imóvel, verificando-se que se se encontravam em zonas diferentes (neste caso numa zona de bairro social, onde os valores são muito inferiores), e possuem tipologias diferentes. Efetuar um quadro de prospeção comparativo, quando compara imoveis em zonas completamente diferentes do imovel em avaliação...tenho a plena noção que existe pouco inventário na zona do imóvel em questão, mas não se pode estar a comparar imoveis que não são comparáveis.. É o mesmo que comparar um T2 no parque das nações com um T2 em sacavém ou moscavide, ou um T2 em nova Carnaxide e um T2 no Alto dos barronhos (bairro social).... Sucintamente, e como era expectável face à forma como a avaliação foi conduzida, não foi efetuado um trabalho suficientemente cuidado, existindo, como já referi, erros grosseiros no que à identificação da tipologia diz respeito e consequentemente ao calculo do valor m2, além da prospeção de imoveis na zona errada e da falta de menção de elementos fundamentais a constar numa avaliação de um imóvel- os melhoramentos. Foi solicitado que fosse efetuada reavaliação. Apesar dos vários contactos, sem sucesso, foi efetuada nova reclamação junto do Balcão Totta em Sintra (11/11/2021), tendo existido a resposta: "Estamos a analisar a situação e aguardamos internamente a obtenção de algumas informações adicionais para lhe podermos prestar um esclarecimento definitivo". No entanto, até ao momento, (30/11/2021), e após a resposta acima transcrita, não foram apresentadas quaisquer evidencias de que o banco tenha reportado à empresa de avaliações, encontrando-se a tratar somente do assunto internamente (e já passaram quase 3 meses). Tendo eu contratado o serviço com o banco, deve ser o banco a agilizar ou encontrar formas de resolver o assunto da reclamação. Curiosamente, desde 14/09/2021, e volvidos quase 3 meses da data da reclamação, que não existe, por parte do banco, a resolução do problema. Pelo atrás exposto vejo solicitar a correção do relatório por técnico competente para o efeito.

Solução pretendida

  • reavaliação finalizada

Resposta (6)

Enviada à DECO PROTESTE a 14 fevereiro 2022

A. N.

Para: DECO PROTESTE

14/02/2022
Esta resposta é privada

DECO PROTESTE

Para: A. N.

18/02/2022
Esta resposta é privada

DECO PROTESTE

Para: A. N.

17/03/2022
Esta resposta é privada

DECO PROTESTE

Para: A. N.

17/04/2022
Esta resposta é privada

DECO PROTESTE

Para: A. N.

15/05/2022
Esta resposta é privada

DECO PROTESTE

Para: A. N.

11/06/2022
Esta resposta é privada