OLX
Caso encerrado Resolvida sem sucesso

Esta reclamação é pública

Reclamação

N. M.

Para: OLX

22/07/2021

No dia 21 de Julho, por volta das 21h em Alcântara, Lisboa, fui vítima de uma fraude para a venda de um artigo que coloquei no site da OLX (N.º ID: 629457276 waffle maker / máquina para waffles). O contacto do comprador foi feito através do whatsapp, usando um link contendo as menções https://olx.pt. • O serviço referido pelo “comprador” é o OLX entregas. Foi utilizado um site espelho do website da OLX que aparentemente dava sinais de sgurança (Https:// , identidade e branding da OLX, site responsive no móvel e no computador, etc.). • As pessoas a origem desta burla têm por número de telefone: +351 913 286 183 (Angelika Fog com endereço supostamente em Santarém , e Fernando +351 912 075 389. Após ter sido contactada por estes individuos para comprarem a minha máquina de waffles, foi-me pedido se "sentia-me oncofrtável em usar o serviço OLX entregas" que eu desconhecia. Apesar de ter efectuado várias verificações no site da OLX (colocando no google o nome do serviço), consegui confirmar que de facto a OLX tem este serviço em parceria com os CTT, (2) que tudo o que os individuos estavam a me dizer estava de acordo com a (pouca) informação à qual tinha acesso no artigo sobre OLX entregas. Mas o artigo sendo exclusivamente virado para o comprador activar o OLX entregas, não encontrei nenhuma informação útil ao vendedor para identifcar fraudes ou links fraudulentos. Estes somente encontrei quando já era tarde demais, usando mais uma vez o google para encontrar informações mais rapidamente dentro do site da OLX. Só por sorte cheguei a uma página normal da OLX (normal no sentido em que era uma página para consultar e anunciar artigos, em vez de uma página informando sobre as fruades), com uma janela diminuida num canto e um BOT (assistente virtual) a indicar a informação que eu precisava o tempo todo para defender-me contra a fraude. A minha queixa concerne o facto que: 1- • Não existe nem na aplicação nem no website, ou no meu espaço pessoal nenhum botão ou separador óbvio e visível que indique o que fazer: (1) no caso de recorrer ao serviço OLX entregas (tive que fazer uma pesquisa no google para encontrar o mais rapidamente possível a página “certa” e a informação era incompleta pois não respondia às dúvidas do vendedor mas considerava só o ponto de vista do comprador). No entanto o separador pagamentos é muito bem destacadp. (2) no caso de fraude, como contactar a OLX, como verificar os links e os exemplos de burla. Isto é sorpreendente quando a OLX é consciente de ser alvo de várias infiltrações de fraude. 2- Os individuos em questão não teriam tido hipotese de enganar-me a mim ou outra pessoa caso o website e app da OLX fosse transparente em relação às fraudes e disponibilizasse um contacto VISÍVEL de apoio ao cliente (ter que clicar em vários artigos não é user-friendly nem uma desculpa). Insisto que cedí por não encontrar informações logo que me ajudassem em entender o funcionamento do serviço de entregas OLX com a CTT. Não foi negligência minha mas sim o facto de sentir-me encurralada e sem informações úteis para contra-argumentar e identificar a fraude antes do que seja tarde demais. 3- Da leitura que fiz das várias páginas do site da OLX, a OLX já sabe que as burlas primeiramente acontecem fora da plataforma mas continuam a incluir dois campos para as informaçoes de contacto pessoais (e-mail e telefone). Eu até achei que fosse obrigatório para validar o anúncio. Destes 3 pontos eu concluo que a OLX não lhe interessa se o cliente que usou a plataforma deles foi lesado ou prejudicado. A impressão que me fica é de uma empresa interessada em optimizar as transacções e os diversos serviços que propõe (destaques de anúncios, OLX entregas por citar alguns...). Sendo assim a empresa está indirectamente a ajudar os criminais a polluirem a plataforma, sabendo que eles actuam em rede, já é tempo de fazerem uma acção conjunto com a Policia. Corro o risco de ser considerada cúmplice pela seguradora porque não consigo identificar os individuos que viram o meu anúncio e me contactaram a seguir. A OLX pode. E pode fazer ainda mais se realmente pretender respeitar os seus usuários. Portanto o que eu espero da OLX é que façam o que for necessário para: 1. Collaborar em identificar quem viu primeiro o meu anúncio entre 18h-21h do dia 21/07 (e me contactou logo a seguir) e transmitir estas informações a mim, a polícia e ao meu Banco. Eu não tenho acesso à esta informação. 2. Collaborar em identificar e bloquear a transferência para estes individuos. 3. De acordo com a informação recebida do meu Banco hoje, 22 de Julho: até o dia 28/07 23h59, o valor que me foi extorcado encontra-se cativo: isso quer dizer que a OLX ao apoiar o meu pedido e procedendo à uma investigação, podem evitar que eu fique com o perjuiízo de usar a plataforma. Só no dia 29, caso o valor for definitivamente debitado é que o Banco pode actuar.

Solução pretendida

  • Compensação
  • Reparação
  • Uma investigação e acção constante para identificarem as fraudes. Transparência e boa vontade em informar o cliente: traduzida pela forma em que dão acesso à informação sobre fraudes. Colaborarem com a Policia e a Seguradora, dinamizando o processo que de outra forma lesa os seus clientes. Enviar esta informação à Polícia e à Seguradora para apoiar os seus usuários na queixa e ressarcimento do valor perdido por inação ou ação inatempada.