voltar

Aumento de leitura com novo contador

Esta reclamação é pública

Reclamação

B. S.

Para: EDP Comercial

23/08/2016

No passado dia 15/07/2016, a EDP, sem qualquer aviso prévio ou solicitação por parte do cliente, procedeu à troca do contador simples por um digital, Modelo ZIV 5CTME2C47730. Na altura da troca, os técnicos que procederam à leitura da contagem, contavam um consumo de 30 kWh distribuídos por 8 dias, período compreendido entre 06/07/16 e 14/07/16. No período restante desse mês, um total de 22 dias, foi contabilizado um total de 105 kWh, no período compreendido entre 15/07/16 e 05/08/16. Se compararmos os dois períodos, e tivermos como referência a contagem do primeiro período contabilizado pelo primeiro contador verificamos que o segundo período contabilizado pelo novo contador teve um acréscimo de 22,5 kWh o que significa um aumento de 27,27 %. Em boa verdade, poder se ia argumentar que o contador está lá para contar e que embora o primeiro período tenha registado um consumo de 30 kWh, nada prova que não tenha havido um consumo que leve às contagens produzidas pelo segundo contador. Nada a não ser a coerência. Se considerarmos os consumos do último ano, verificamos que no período de um ano, o máximo contabilizado pelo primeiro contador havia sido 115 kWh no mês de Setembro de 2015. Se fizermos um média do consumo anual no período compreendido entre Julho de 2015 e Julho de 2016, verificamos que o valor se fixa em 110 kWh um valor 22% acima da contagem do contador recém instalado. O que aumenta a suspeita em toda esta situação é a postura da operadora. Quando se contatou telefonicamente a operadora para se relatar a estranheza que esta situação motivou, foi-nos respondido que era normal e que para enviar um técnico averiguar a situação, seria cobrada a visita ao cliente a menos que se encontrasse um problema com o contador. Considerando, toda a situação é insólita, da instalação de um contador que não foi solicitado pelo cliente substituindo um que não deu quaisquer sinais de avaria ou afins, passando por uma contagem acrescida de mais de 20 % comparativamente aos consumos do último ano concluída com a postura da operadora que não demonstra interesse em transmitir confiança aos seus clientes nas suas práticas comerciais pela via de esclarecimento de dúvidas, temos que concluir que por avaria, negligencia ou outro motivo toda esta situação não é comum, corrente ou normal, muito menos por uma família muito fustigada por uma realidade social de grande carência como é demonstrativo o desconto social de que aufere.

Solução pretendida

  • Pretende-se que a operadora averigúe a situação por sua conta e que transmita as conclusões assim como que justifique o aumento de leitura e o porquê de ter substituído o contador inicial