voltar

Avaria viatura segurada pela Tranquilidade

Caso encerrado Resolvida sem sucesso

Esta reclamação é pública

Reclamação

J. R.

Para: Tranquilidade

23/09/2021

Boa tarde, venho por este meio, expor uma reclamação que efetuei para a Europ Assistence, devido a uma avaria da minha viatura, na qual me deslocava na A1 ao km 120.5 na direção Porto-Lisboa (região de Pombal), na companhia da minha esposa, no dia 04 de setembro de 2021, por volta das 12:30H, que passo a descrever. Efetuei a primeira chamada para o número de contato 213863322, que se encontrava na folha do seguro da Tranquilidade, por volta das 12:45H, a qual foi atendida por uma funcionária que referiu pertencer à Europ Assistance, onde descrevi a ocorrência tendo manifestado necessidade de reboque para a viatura e sendo questionado pela mesma se também necessitava de táxi para transporte para a morada do veículo, à qual respondi afirmativamente, referiu para esperar que o reboque e o táxi iam ser acionados. Posteriormente recebi uma chamada do táxi a informar que as indicações que tinha era para deslocar-nos não para a morada da viatura, mas para Fátima, ao qual pensei que fosse engano, visto ter recebido a informação anterior de que seria transportado para a morada da viatura segurada. Contactei de novo o número acima referido (por volta das 13:22H), ao qual me responderam que nós seríamos transportados, para Fátima, para apanhar um expresso para regressar a casa. Questionei sobre quais os meus direitos, referiram, que eu teria direito a veículo de substituição ou a ser-mos encaminhados a casa por expresso. Após encaminhamento a Fátima, fui contatado por outra assistente, onde a informei que requeria uma viatura de substituição para retornar, ao qual me respondeu que não havia viatura disponível!!!!, por as locatárias já terem encerrado, se fosse fora do horário do expresso, já podia vir de táxi ( o segurado paga e ainda tem de escolher o dia e hora em que a viatura avaria), voltei a responder que me era impossível vir de expresso pois, além de isto tudo, a minha esposa foi intervencionada ao ombro direito em Junho ultimo, e nem condições tinha para transportar o que quer que fosse, pois tinha imobilização do ombro, não tendo eu condições para transportar tudo, fui informado que retornariam a contatar-me para mais informações, o que não voltou a acontecer. Por volta das 15:30H e sem mais contatos da companhia, tive que requerer um táxi para retornar, junto com a minha esposa e bagagem, à morada da viatura desembolsando à minha conta 242,40 euros. Dia 9 de setembro, já no meu agente de seguros, reclamei telefonicamente com um responsável superior da Europ Assistance, que me indicou para o envio do recibo para ser analisado, ao qual questionei se seria necessário efetuar reclamação escrita, ao que me respondeu que não, sendo o recibo enviado para ASSISTENCIA24H@eap.pt. Dia 14 de setembro recebi um email da Qualidade, a referir que seria reembolsado por cheque na quantia de 26,99 euros???,questiono eu baseado em quê, e em que cálculos. Questiono-me também, onde ficam os direitos do consumidor, no fim disto tudo??? A lei só existe para se pagar??? Não se cumpre nem o que está estipulado no seguro, nomeadamente carro de substituição para nos encaminhar para a morada do seguro da viatura??? Venho de novo pedir intervenção nesta situação, para ser ressarcido do restante do gasto que tive com o táxi, (conforme fatura recibo). Estes são fatos a que na minha ótica eu sou completamente alheio, nomeadamente no encerramento das locatárias aos fins de semana, aquando da contratualização do seguro, nunca nada disto nos é informado ou esclarecido. Atenciosamente, Joaquim Ramos

Solução pretendida

  • Reembolso: € 215,41