voltar

bagagem danificada

Caso encerrado Resolvida sem sucesso

Esta reclamação é pública

Reclamação

R. L.

Para: SATA

14/06/2021

Raul Luz Cód. Conceição Luz cÓD. Venho por este meio reclamar e apresentar danos à nossa mala de viagem que ocorreram num destes voos: SP565 SANTA CRUZ DAS FLORES PARA HORTA ou s4152 DE HORTA PARA LISBOA, NO DIA 13/06/2021. Ficamos a aguardar contacto da vossa parte com objectivo de resolver a situação exposta e apresentada nas fotografias anexas. Atentamente

Solução pretendida

  • Compensação

Resposta (1)

R. L.

Para: SATA

15/06/2021

Recebi resposta à questão da bagagem danificada pelo customer care, é facil lavar as maos e fesvonfiar do cliente: Ref. do processo: CR//2376115 Reportamo-nos à comunicação que nos enviou e na qual nos demonstra o seu descontentamento relativamente a pequenos danos ocorridos na sua bagagem registada. Compreendemos e lamentamos o transtorno causado, pelo que apresentamos o nosso pedido de desculpa. Informamos que, durante o seu manuseamento e circulação em passadeiras, a bagagem fica sujeita a um normal e inevitável desgaste, não só pelo manuseamento por parte dos colaboradores nos aeroportos, mas também, e de forma inevitável, à pressão de outras bagagens, algumas de elevada rigidez, os movimentos normais das passadeiras rolantes, braços mecânicos a manusearem as bagagens, carros de bagagem, etc. Pelo que a SATA, à semelhança da generalidade das Companhias Aéreas, não se pode responsabilizar por determinados danos, tais como cantos amolgados, arranhões, pequenos indícios de sujidade e rasgos, perca de acessórios amovíveis, puxadores, entre outros danos superficiais. Assim sendo, os danos a que se refere são considerados danos menores e que não inviabilizam o uso da sua bagagem, pelo que não podermos anuir à sua pretensão. Pedimos a sua compreensão para os factos expostos e uma vez mais lamentamos qualquer transtorno que possa ter sido causado, esperando poder exceder as suas expectativas numa próxima oportunidade. Com cumprimentos