voltar

Problema com multa carris injusta

Esta reclamação é pública

Reclamação

L. R.

Para: CARRIS SA

29/04/2021

.Venho por este meio comunicar a situação que se sucedeu no dia 14 de abril, às 16.15. Entrei no autocarro da Carris 758, veículo 2256, na paragem amoreiras com destino ao cais do Sodré, onde iria sair na paragem do príncipe real. Ao entrar, após passar o título de transporte acendeu a luz vermelha e vieram 3 fiscais ter comigo. Disse que não me tinha apercebido que o título não tinha dinheiro carregado, pois é zapping e só tinha 50 cêntimos nele. Ao aperceber-me disso ofereci-me para pagar prontamente, porém só tinha 1€ na mão e disseram-me que o título de transporte era 2€. Então disse que saía na próxima paragem, visto que o autocarro já se encontrava em movimento pois o único dinheiro que tinha disponível de momento era em multibanco e os fiscais não aceitam multibanco. Nisto, um dos fiscais pede a minha identificação e começa a passar a multa. Entretanto, com preocupação, encontrei uma moeda na minha mochila e disse que já não era necessário pois tinha dinheiro suficiente para pagar o bilhete e já não havia problema. Um dos fiscais recusou e disse "andasse a pé, mais novos que você andam com malas mais pesadas na mão durante percursos mais longos e não se queixam. Assim já aprende a andar com o título carregado." ao que eu tentei esclarecer que nunca tive intenções de não pagar, e mesmo com o dinheiro na mão para pagar a viagem, negaram e disseram "e a mim quem é que me vai pagar esta folha de multa que já comecei a escrever? É você?". Até passageiros do autocarro perante a situação toda, se ofereceram para pagar o meu bilhete, mesmo eu tendo o dinheiro, sem resultado. Entretanto, entregaram-me os documentos e a multa e acrescentaram "vê? Nem é assim tão mau, já não teve que vir a pé à chuva, carregado, neste tempo todo, a sua paragem é a próxima". É de realçar que se de facto não tivesse a intenção de pagar a viagem, não teria entrado no autocarro, pois os fiscais já permaneciam dentro do mesmo na altura que entrei no autocarro. É de uma enorme injustiça que tenha de pagar 60 euros, numa época tão complicada, onde me encontro desempregado, quando não havia razão para não ter pago o bilhete na hora, tendo o valor exato da viagem na mão, pois foi-me RECUSADO pelo simples facto do fiscal já ter começado a escrever os meus dados na sua folha. E também não havia razão para ter sido tão maltratado pelos fiscais, pois não faltei ao respeito a ninguém, porém não me foi retribuída a educação e simpatia em momento algum. Mandei e-mail à empresa a comunicar essa situação e perguntei também o porquê de ter sido aplicada a coima grave, de 60 euros, sendo a minha primeira infração, quando na folha consta que o valor simples (1ª vez) são 15 euros e não me foi facultada a opção de pagar esse ou qualquer valor no momento de atribuição de multa, quer posteriormente. A empresa não só não me soube responder a todas as questões, como insistiu em como tinham sido claros no e-mail enviado. Gostaria de saber o porquê de me ter sido negado o pagamento do bilhete a bordo do autocarro, pelo simples facto do fiscal já ter começado a preencher o auto e também o porquê de, sendo a primeira infração, não foram os 15€ que constam no verso do auto de noticia, nestas situações. A multa foi paga no prazo devido, no entanto não deixo de me sentir injustiçado com a situação e gostaria de expor a situação e saber se teria alguma forma de ter contornado o assunto, pois eu dispunha de dinheiro para carregar o bilhete, e nunca me opus a tal. Muito obrigado, desde já e agradeço a atenção. Cumprimentos

Solução pretendida

  • Gostaria de uma melhor justificação da situação e quais são os meus direitos, neste caso

Resposta (1)

CARRIS SA

Para: L. R.

29/04/2021

Boa tarde, Segue em anexo a resposta enviada ao Cliente no dia 26 de Abril de 2021. Apresentamos cumprimentos. Ananias Semedo Núcleo Acompanhamento do Cliente [cid:image001.png@01D73D09.FF45BF40] Direção Comercial e Marketing Departamento Comercial e Gestão do Cliente reclamacoes@carris.pt Tel: (+351) 213 613 000 www.carris.pt P Por favor pense no Ambiente antes de imprimir este e-mail. Este e-mail e quaisquer ficheiros em anexo são confidenciais. Esta informação destina-se apenas a ser utilizada pelo indivíduo ou indivíduos referidos acima. Caso não seja um dos destinatários referidos, é favor avisar de imediato o remetente, não divulgar o conteúdo deste e-mail a terceiros, não o utilizar para qualquer fim, nem gravar ou manter uma cópia da informação em qualquer tipo de suporte.