voltar

Avaria Módulo Domótica após sobrecarga de tensão

Caso encerrado Resolvida com sucesso

Esta reclamação é pública

Reclamação

P. H.

Para: Empresa De Electricidade Da Madeira Sa

12/04/2021

Venho ,por este meio, comunicar a V.Exas. que, no dia 27/03/2021 ocorreu uma sobrecarga de tensão/eletricidade durante a intempérie, em consequência da qual tive problemas elétricos na minha casa - Rua da Urbanização do Ribeiro Real nº7A. Após esta situação contactei um eletricista para verificar a situação e foi me dito que queimou o módulo da domótica, que necessitava de substituição imediata e que foi substituída no dia 08/04/2021. Envio em anexo a fatura do mesmo. Agradecia que tivessem em conta que as trovoadas e os raios, porque fenómenos naturais comuns e correntes, não podem ser independentes do funcionamento e utilização da rede de distribuição, pelo que a empresa que explora a produção, o transporte e a distribuição de energia elétrica tem forçosamente que contar com eles.

Solução pretendida

  • Reembolso: € 604,13

Resposta (5)

Empresa De Electricidade Da Madeira Sa

Para: P. H.

12/04/2021

Estimado Cliente, A EEM agradece o seu contacto e confirma a receção do seu pedido. Informamos que a reclamação foi reencaminhada para o departamento responsável, e será tratada com a maior brevidade possível. Os melhores cumprimentos, [:www.eem.pt/_eemonline/banner_sign/logo.jpg] Serviço de Apoio ao Cliente Linha Gratuita das 08:00h às 24:00h E-mail - clientes@eem.pt Tel - 800 221 187 [:www.eem.pt/_eemonline/banner_sign/banner_CC.png] [:www.eem.pt/_eemonline/banner_sign/footer2.png]

Empresa De Electricidade Da Madeira Sa

Para: P. H.

12/04/2021

Exmo. Senhor Pedro Henriques, Na sequência da exposição de V. Exa. sobre a avaria no módulo de domótica na instalação localizada na Rua da Urbanização do Ribeiro Real n°7ª, na, a EEM - Empresa de Electricidade da Madeira, S.A. (doravante designada apenas por "EEM") informa o seguinte: - No passado dia 27 de março de 2021, na sequência de fatores climatéricos adversos (forte chuva e trovoada) que assolou a zona Sul da Madeira, um raio atingiu a Linha 60 KV Calheta-Central Térmica da Vitória e originou um corte geral de energia. - Por conseguinte, não existiu qualquer defeito ou anomalia na rede de Baixa Tensão, tendo havido, tão só, uma falta de tensão (interrupção) e seu posterior restabelecimento. - Nos termos do disposto no art.° 509°, n.° 2 do Código Civil "não obrigam a reparação os danos devidos a causa de força maior; considera-se de força maior toda a causa exterior independente do funcionamento e utilização da coisa". - Nesta conformidade, a EEM lamenta o sucedido mas não poderá satisfazer qualquer indemnização pela referida avaria, permanecendo, contudo, à disposição de V. Exa. para prestar qualquer informação adicional. Os melhores cumprimentos, [:www.eem.pt/_eemonline/banner_sign/logo.jpg] Serviço de Apoio ao Cliente Linha Gratuita das 08:00h às 24:00h E-mail - clientes@eem.pt Tel - 800 221 187 [:www.eem.pt/_eemonline/banner_sign/banner_cc.png] [:www.eem.pt/_eemonline/banner_sign/footer2.png]

P. H.

Para: Empresa De Electricidade Da Madeira Sa

12/04/2021

Não acho ser necessário entrar por esta via do Código Cívil, e gostaria que esta situação fosse resolvido sem a necessidade de pessoas exteriores que não eu próprio e a EEM. Mas como podem ver abaixo eu tenho fundamentação legal para essa situação que alegam. Mais uma vez gostaria que chegássemos a uma conclusão simples para as duas partes. O que seja um caso de força maior define o referido n.º2 do art.º 509.º : “ toda a causa exterior independente do funcionamento e utilização da coisa”. “O caso de força maior tem subjacente a ideia de inevitabilidade: será todo o acontecimento natural ou acção humana que, embora previsível ou até presumido, não se pode evitar, nem em si mesmo nem nas suas consequências.” As trovoadas e os raios não são independentes do funcionamento e utilização da rede de distribuição. Podem ser – são – exteriores, mas não são independentes dessa utilização e funcionamento porque fenómenos naturais comuns e correntes com os quais a empresa que tem o negócio, tem que contar em absoluto na montagem dele. Não preenchem, por isso, o conceito de causa de força maior, tal como o define o nº2 do art.509º como excludente da responsabilidade objectiva prevista no nº1 do artigo.

Empresa De Electricidade Da Madeira Sa

Para: P. H.

12/04/2021

Estimado Cliente, A EEM agradece o seu contacto e confirma a receção do seu pedido. Informamos que a reclamação foi reencaminhada para o departamento responsável e será tratada com a maior brevidade possível. Os melhores cumprimentos, [:www.eem.pt/_eemonline/banner_sign/logo.jpg] Serviço de Apoio ao Cliente Linha Gratuita das 08:00h às 24:00h E-mail - clientes@eem.pt Tel - 800 221 187 [:www.eem.pt/_eemonline/banner_sign/banner1.png] [:www.eem.pt/_eemonline/banner_sign/footer2.png]

Empresa De Electricidade Da Madeira Sa

Para: P. H.

13/04/2021

Exmos. Senhores, Com referencia à reclamação apresentada pelo Senhor Pedro André Pimenta Henriques junto desse Serviço, a EEM - Empresa de Electricidade da Madeira, S.A. vem remeter a V. Exas. a carta refª 196/21-DIAM/DC, de 4 de junho de 2021 com os esclarecimentos julgados pertinentes sobre o assunto. A EEM permanece à disposição de V. Exas. para qualquer informação adicional que, porventura, considerem pertinente. Os melhores cumprimentos, [:www.eem.pt/_eemonline/banner_sign/logo.jpg] Serviço de Apoio ao Cliente Linha Gratuita das 08:00h às 24:00h E-mail - clientes@eem.pt Tel - 800 221 187 [:www.eem.pt/_eemonline/banner_sign/banner1.png] [:www.eem.pt/_eemonline/banner_sign/footer2.png]