Caso encerrado Resolvida sem sucesso

Esta reclamação é pública

Reclamação

S. G.

Para: SiMAR Loures

05/04/2021

É legal que por falta de pagamento da água, por motivo da casa estar devoluta há cerca de 20 anos, na sequência de divorcio, o contrato não tenha sido anulado na sequência da suspensão do serviço, como é feito por outros operadores de serviços essenciais, como eletricidade, gás ou telecomunicações. A SIMAR continua a faturar mensalmente, mesmo sem fornecimento de serviço, o que claramente num caso destes significa claramente que a casa não está ocupada. Se é legal, como é possível esta diferença relativamente aos outros fornecedores de serviços? Será que o facto de ser um serviço sem concorrência permite tudo, uma vez que não há alternativa? O contrato está em nome da minha ex-mulher, embora no divórcio a casa tenha ficado para mim, não morando na mesma no entanto, como referi. Grato pela atenção

Solução pretendida

  • Neste momento apenas pretendo informação, para poder tomar uma ação mais adequada posteriormente.

Resposta (1)

SiMAR Loures

Para: S. G.

05/04/2021

A sua comunicação foi registada com exito. A mesma será encaminhada para tratamento adequado. Com os nossos cumprimentos [cid:image7a3588.JPG@af9d5dae.46aad010] Rua Ilha da Madeira, N°2 2674-504 Loures Tel.: +351 21 984 85 00 Fax: +351 21 984 85 85 geral@simar-louresodivelas.pt www.simar-louresodivelas.pt [cid:image3a8692.JPG@827322de.4684d3d1] respostaautomaticasimarlouresodivelas