voltar

Credito obtido na Credibom, devido a Burla por parte da antiga Intertravel

Caso encerrado Resolvida com sucesso

Esta reclamação é pública

Reclamação

M. S.

Para: Credibom

19/01/2021

Venho, por este meio, comunicar a vossas Excelencias, que em 2006 e numa tentativa da parte da antiga Intertravel, para que eu fosse socio do clube Midas, em troca de uma oferta de trabalho nesta empresa. Como eu encontrava-me numa situação de desemprego, desesperadamente, aceitei. Depois da proposta do contrato - 25905090 estar preenchida, foi enviado um pedido de credito, de 2,600€ à credibom, em meu nome, no qual foi recusado pela mesma, devido à minha situação de desemprego e financeira. Por esta razão, não fui aceite para trabalhar na Intertravel. Mais tarde e sem a minha permissão, foi feito outro pedido de credito em meu nome, em que o mesmo foi aceite, estando eu no desemprego e sem meios para poder pagar a prestação de um credito. Na altura, ja me encontrava no estrangeiro e não tive conhecimento. Depois de poucos anos, verifiquei que o meu nome se encontrava na lista de responsabilidades do banco de Portugal. Mais tarde, depois de ter conseguido estabelecer contacto com a Credibom, enviaram-me a copia do contrato da Intertravel ou Gestravel, com falsidades que não foram preenchidas por mim. Além do contrato ter sido feito através de uma burla por parte da Intertravel, exijo à Credibom que retire o meu nome da lista de responsabilidades de credito, do banco de Portugal, devido ao credito ter sido feito em 2006 e ja ter sido prescrito há muito tempo. Segundo o acordão do Tribumal de Evora, processo nº 1583/14.3TBSTB-A.E1, decretado pelo Tribunal da Relação de Évora, determina que as prestações mensais dos empréstimos prescrevem ao fim de cinco anos tais como dívidas de crédito ao consumo.

Solução pretendida

  • Não pagamento da divida e exijo à Credibom que retire o meu nome da lista de responsabilidades de credito, do banco de Portugal, devido ao credito ter sido feito em 2006 e ja ter sido prescrito há muito tempo. Segundo o acordão do Tribumal de Evora, processo nº 1583/14.3TBSTB-A.E1, decretado pelo Tribunal da Relação de Évora, determina que as prestações mensais dos empréstimos prescrevem ao fim de cinco anos tais como dívidas de crédito ao consumo.

Resposta (1)

Credibom

Para: M. S.

17/02/2021

Exmos. Senhores, Acusamos a receção da v/comunicação, a qual mereceu a nossa melhor atenção. No seguimento da mesma, informamos que, na presenta data, foram prestados os devidos esclarecimentos ao Sr. Marco Silva. Com os melhores cumprimentos, [cid:image003.png@01D70565.1479C780] [logo credibom_azul] Paula Fernandes Área de Reclamações Departamento Experiencia do Cliente Contacte-nos: Lagoas Park Edifício 14 - Piso 2, 2740-262 Porto Salvo, Portugal Tel.: (351) 21 413 8400 Edifício Bessa Leite Offices Rua Brigadeiro Nunes da Ponte, 114, 4150-036 Porto, Portugal Tel.: (351) 22 340 5700 Registe-se no homebanking, descarregue a APP ou aceda através dos links: [icons_socialmedia-02 (002)][icons_socialmedia-03 (002)][icons_socialmedia-01 (002)][icons_socialmedia-06][icons_socialmedia-05][icons_socialmedia-04 (002)] Este documento é propriedade do Banco Credibom, SA e deve ser considerado confidencial, não deve ser distribuído a terceiros sem o consentimento escrito do autor original. Destina-se apenas à pessoa a quem é endereçado. Se voce não é o destinatário pretendido, não está autorizado a ler, imprimir, reter, copiar, disseminar, distribuir ou usar esta mensagem ou qualquer parte dela. Se voce receber esta mensagem por engano, informe o remetente imediatamente e exclua todas as cópias desta mensagem. Banco Credibom, S.A. Capital Social: Eur 94.000.000,00 - Conservatória do Registo Comercial de Cascais - NIPC 503533726