voltar

debito do identificador

Caso encerrado Resolvida sem sucesso

Esta reclamação é pública

Reclamação

J. F.

Para: Brisa-Auto Estradas de Portugal SA

04/12/2020

Esta foi a minha reclamação para a via verde: Exposição Nº: 8019299143 Exmos senhores venho por este meio reclamar sobre o ultimo estrato nº016.818.869/10/2020 que me foi enviado por email, deparei-me com um débito de 15¿ referente a um identificador que tinha na minha posse n.º 4210161275293, em que o mesmo já me aparecia a luz amarela nas passagens pela via verde. Contatei os vossos serviços dia 12/06/2020 pelas 11H07 com uma duração de 19min e 39s, a informar e qual procedimento a tomar, foi me informado que aguarda-se pelo alerta no extrato para proceder à troca da bateria ou mesmo a sua substituição. Passado quase um mês fui de ferias e nas passagens que efetuei continuava a dár a luz amarela, no dia 28/07/2020 pelas 17h57 contatei novamente vossos serviços para alertar e me informar como deveria proceder para que me substituíssem a bateria ou o identificador, porque passei pelos pórticos quase todos da A23 e restantes vias, e não tinha a certeza que me cobrariam as passagens, tendo em conta que os mesmos não tiravam foto como na via verde. Foi então informado o seguinte pela vossa colaboradora, que não me preocupa-se porque seriam debitados sem qualquer problema, e em relação ao identificador, que solicita-se um novo on-line, conforme o fiz(nº319480955487) e que teria que optar por a modalidade de pagamento pretendida e me seria enviado para a morada e o que seria substituído o podia deitar fora e não era necessário a sua devolução e não seria cobrado qualquer custo e beneficiaria de uma campanha, ainda frisei que não era necessário a sua devolução como poderão auditar a chamada, pois mesmo o cliente é informado da sua gravação, só no dia 26/08/2020 me foi informado que existiam Registos Anómalos - Contrato 516475044 (Procº Nº 2012042956/PR030M) mas não informava quais os procedimentos a ter. Aguardo uma resposta vossa breve. E foi me comunicado nesse mesmo dia via telefonicamente que se o devolve-se que de emidiato me restituiam o valor debitado. e no dia 27NOV20 foi-me respondido por email o seguinte noreply@viaverde.pt Anexos 27/11/2020, 18:21 (há 7 dias) para mim Caro José Fonseca, Recebemos o seu contacto e agradecemos a oportunidade para esclarecê-lo sobre este assunto. Informamos que de acordo com as condições contratuais do serviço da via verde, o identificador da subscrição de aluguer, tem de ser sempre entregue nos nossos serviços em bom estado e dentro de 30 dias após a rescisão do mesmo, pelo que o valor de 15,00 euros referente á depreciação, encontra-se corretamente debitada. "Para esclarecimento de dúvidas, ou para saber mais sobre o serviço Via Verde, consulte a área de apoio ao cliente em www.viaverde.pt ou na App Via Verde, disponível para download no Google Play ou na App Store. Pode também solicitar informação através do serviço ao cliente, ligando o 210 730 300. Com os nossos cumprimentos, Atenciosamante o vosso cliente" E dia 04DEZ20 devolvi pessoalmente o Identificador nº4210161275293 que supostamente me foi iformado inicialmente não era necessário devolver porque se encontrava numa campanha on-line, mas foi frisado por mim varias vezes que devolvia e a colaboradora informou que não era necessário todas as chamadas são gravadas, pois é a informação que no inicio da chamada é informado Atenciosamente José Fonseca

Solução pretendida

  • Reembolso: € 15,00

Resposta (1)

Brisa-Auto Estradas de Portugal SA

Para: J. F.

22/12/2020

Exmos. Senhores, Pela presente, vem a Via Verde Portugal - Gestão de Sistemas Eletrónicos de Cobrança, S.A. ('Via Verde Portugal') acusar a receção de uma comunicação eletrónica através do portal www.deco.proteste.pt. Segundo informação apurada no referido portal, qualquer pessoa poderá, mediante registo no mesmo, inserir uma 'reclamação' com carácter público dirigida a um qualquer prestador de serviços, sendo que a DECO PROTESTE pode não estar envolvida conforme se infere do teor da seguinte mensagem 'Esta reclamação não foi mediada pela DECO PROTESTE nem por qualquer jurista'. Adicionalmente, e sem prejuízo do reconhecimento que a Via Verde Portugal tem pela DECO PROTESTE enquanto entidade que promove e defende os direitos dos consumidores, a Via Verde Portugal não tem como bastar-se com comunicações públicas cujo teor não é mediado pela DECO PROTESTE, vendo-se assim impossibilitada de atender ao pedido. Face ao exposto, entende a Via Verde Portugal que o meio utilizado para reclamar não é o adequado devendo os respetivos reclamantes recorrer, se for o caso, aos habituais mecanismos de atendimento ao cliente por parte da Via Verde Portugal. Com os nossos cumprimentos, Departamento de Operações Serviço de Suporte às Operações [cid:image001.jpg@01D6D897.CAAC9E60] www.viaverde.pt