voltar

Recusa em emissão de voucher devido às restrições de circulação

Esta reclamação é pública

Reclamação

G. L.

Para: Ryanair

27/10/2020

Devido à restrição de deslocamento imposta pelo governo português, estou impedido de pegar o voo (F1875L) de Faro a Aveiro. Ia a esta cidade para fins turísticos e, portanto, não me enquadro em nenhuma exceção à restrição. Sendo assim, não por motivação própria, mas sim por impedimento do governo português, não terei a possibilidade de pegar o voo. Por se tratar de motivos externos a mim, acho que tenho direito ao cancelamento e concessão de voucher referente ao valor integral da passagem, o que foi me negado por atendimento online (chat), com a alegação de que o voo não foi cancelado e apenas assim eu teria o direito ao voucher. As medidas restritivas foram motivadas por questões de saúde pública e foram divulgadas dias antes da minha viagem e, portanto, não havia a possibilidade de prever este acontecimento. Boa parte dos clientes da Ryanair viajam a turismo e, portanto, compõe parte significativa do montante de clientes da empresa. Portanto, acho um desrespeito com o cliente o posicionamento da Ryanair e acho que a DECO deveria se posicionar a favor dos consumidores lesados.

Solução pretendida

  • Compensação