back

cancelamento de contrato medicare

Com intervenção da DECO PROTESTE

Esta reclamação é pública

Reclamação

S. L.

Para: Medicare

30/06/2020

Nº de contrato: 03000925996 Exmos. Senhores, venho por este meio comunicar que no dia 16/01/2020 pedi a anulação imediata dos serviços e cobrança do seguro de saúde que detinha com a medicare. As razoes por mim apresentadas foram não me ser benéfico manter visto estar constantemente fora do país. Acrescento agora também o desemprego que se aliou infelizmente a esta razão de desvinculação. Não obtive resposta e procedi ao cancelamento do debito, não obtive resposta novamente e por iniciativa minha contactei os serviços para que a chamada ficasse registada. Contudo no dia 22/01/2020 recebo um email por parte da seguradora em que apenas visa a não renovação. Volto então a reforçar em email que se trata aqui de cancelamento imediato por não ter condições de manter o plano. Nunca tive um esclarecimento por parte desta entidade e hoje dia 30/06/2020 recebo uma fatura para pagamento das mensalidades em atraso no valor de 99.50€, assim desta forma, por não ter havido qualquer confirmação da minha parte por escrito da adesão e muito menos da renovação, invoco o Decreto-Lei nº 24/2014, de 14 Fevereiro, Artigo 5º, nº 7 (que transpõe a Diretiva nº 2011/83/UE do Parlamento Europeu e do Conselho, de 25 de outubro de 2011, relativo aos direitos dos consumidores), especialmente o art.5º/nº7 no qual é referido que “Quando o contrato for celebrado por telefone, o consumidor só fica vinculado depois de assinar a oferta ou enviar o seu consentimento escrito ao fornecedor de bens ou prestador de serviços “. Por não ter assinado nenhum termo onde conste uma fidelização da minha parte com a medicare agradeço que procedam ao cancelamento com efeitos imediatos servindo também a presente missiva para me opor ao pagamento do valor supra referido, invocando expressamente a prescrição para todos os efeitos legais. com os melhores cumprimentos, Cheila Lopes

Solução pretendida

  • cancelamento imediato e revogação de divida
Enviada à DECO PROTESTE a 01 julho 2020