voltar

Problema com uma viagem

Com intervenção da DECO PROTESTE

Esta reclamação é pública

Reclamação

M. F.

Para: Victoria Seguros

23/03/2020

Bom dia. No dia 7/02/20 marquei uma viagem a São Miguel, Açores através de uma loja física da agência Abreu. Está viagem incluía os voos do dia 21 a 25 de Março na Ryanair, transferes e hotel e um seguro, fazendo um total de 590€. Na passada sexta feira, dia 20 contactámos a seguradora para obter o reembolso da viagem visto ter sido convocado estado de emergencia, quarentena obrigatória para quem chega na ilha e o voo de regresso ter sido cancelado. A mesma diz que não pode proceder ao reembolso porque quando marcamos a viagem já se sabia do vírus. Mas este não estava em Portugal e mesmo na Europa não havia casos ou muito poucos.

Solução pretendida

  • Reembolso: € 590,00

Resposta (1)

Enviada à DECO PROTESTE a 26 março 2020

Victoria Seguros

Para: M. F.

27/03/2020

Exmos. Senhores, Acusamos a receção da vossa comunicação do passado dia 23 de março e cujo conteúdo mereceu a nossa melhor atenção. Analisado o exposto, gostaríamos de apresentar os seguintes esclarecimentos. O seguro de assistencia em viagem é constituído por duas apólices distintas. 1 - A apólice celebrada entre a VICTORIA-Seguros, S.A. e a Agencia de ViagensOperador Turístico e respeitante às garantias de Morte ou Invalidez Permanente e de Assistencia em Viagem. Nesta apólice, e na qualidade de Segurador, a VICTORIA-Seguros é responsável, através dos serviços de assistencia (Rede Nacional de Assistencia) pela gestão daquelas garantias, quer revistam carácter pecuniário, quer se trate da prestação de serviços. No âmbito das Coberturas de Assistencia em Viagem, está incluída a garantia de Cancelamento Antecipado de Viagem caso a(s) Pessoa(s) Segura(s), por motivo de força maior, se vejam obrigada a cancelar uma viagem já sinalizada ou liquidada, exclusivamente, antes do seu início. Para este efeito, são motivos de força maior, os seguintes: • Falecimento, em Portugal, da própria Pessoa Segura, seu cônjuge (deverá ser entendido também como união de facto) bem como dos ascendentes ou descendentes de ambos até ao 1° grau. • Doença ou acidente grave, a confirmar conjuntamente pelo médico assistente e pela equipa médica da VICTORIA - Seguros, S.A., através dos Serviços de Assistencia, de que seja vítima, em Portugal, a própria Pessoa Segura, o seu cônjuge (deverá ser entendido também como união de facto), bem como dos ascendentes ou descendentes de ambos, até ao 1° grau. • Acontecimentos súbitos e fortuitos, relacionados diretamente com a Pessoa Segura e que exijam a sua presença em Portugal. Neste âmbito, a situação de pandemia como motivo de força maior para o cancelamento antecipado da viagem não está incluído na apólice celebrada entre a VICTORIA-Seguros, S.A. e a Agencia de ViagensOperador Turístico. 2 - A apólice celebrada entre a RNA Seguros de Assistencia, S.A. e a Agencia de ViagensOperador Turístico, respeitante à garantia de Perturbação de Viagem por Motivo de Força Maior e designada de Seguro de Assistencia após viagem iniciada e Cancelamento Antecipado de Viagem e Perturbação de Viagem por Motivo de Força Maior. Nesta apólice, em que o Segurador é RNA Seguros de Assistencia, S.A., estão consideradas, entre outras, a situação de pandemia como Motivo de Força Maior. Pelo exposto e considerando o conteúdo da comunicação trazida ao nosso conhecimento, não cabe esta Seguradora pronunciar-se sobre o cancelamento antecipado da viagem por motivo de força maior relacionado com a pandemia declarada, pelo que deverá o Reclamante contactar a RNA Seguros de Assistencia S.A. Agradecendo a vossa comunicação, estamos ao dispor para qualquer esclarecimento que entendam por conveniente. Com os melhores cumprimentosWith best regards Hugo Feliciano VICTORIA Seguros Unidade de Apoio ao Cliente Gestor Unidade de Apoio ao Cliente Tel.: +351 213134409 Fax: +351 211124509 E-mail: Unidade.Apoio.Cliente@victoria-seguros.pt Condições gerais O presente e-mail encontra-se ao abrigo do novo acordo ortográfico. Esta mensagem dirige-se única e exclusivamente ao seu destinatário. Se recebeu esta mensagem por engano, solicitamos que o comunique de imediato ao remetente e proceda à sua destruição. Se o recetor desta mensagem não for o destinatário indicado, fica expressamente proibido de a divulgar, copiar ou endereçar a terceiros. Alertamos para que o seu conteúdo pode ser alterado, adulterado ou falsificado, pelo que deverá ser confirmado por carta endereçada à VICTORIA, por forma a garantir a sua autenticidade. Para mais informações sobre a VICTORIA - Seguros consulte o nosso site institucional: :www.victoria-seguros.pt Este e-mail é amigo do ambiente, pondere antes de o imprimir!