Caso encerrado Resolvida sem sucesso

Esta reclamação é pública

Reclamação

J. B.

Para: Gascan-Gases Combustíveis, S.A.

20/02/2020

Aproveito este portal para expor a minha completa indignação em relação à ultima factura que me foi cobrada depois de feito o corte do serviço, bem como a falta de informação que me foi prestada depois de contactados os serviços. Para que percebam a situação: Mês de Dezembro foi-me cobrada uma quantia de 60,86€ com a justificação de estarem a fazer acertos. Achei elevado, mas aceitei a justificação. Mês seguinte, Janeiro, uma quantia de 31,2€ que vai de encontro aos consumos que fiz nos últimos 4 anos. Mês de Fevereiro, e último nesta casa, aparece-me uma fatura de 129,76€ para pagar. Qual é o meu espanto que quando contacto os serviços me dizem novamente que são acertos anteriores, ao que eu pergunto que acertos!? Pelo o que me respondem do mês de Janeiro. Coincidência das coincidências estive metade do tempo ausente do país, sem consumir gás. A pessoa que me atendeu foi muito mal educado, confrontou-me e não tentou nunca ajudar-me, fez-me inclusive acusações. Eu já ouvi muitos relatos da Gascan (quando pedem 300€ a todos os habitantes de prédios que mudam para gás natural ilegalmente), e fico muito desiludido que se aproveitem dos clientes. É vergonhoso eu querer indagar a veracidade das contagens, e esta empresa pedir-me dinheiro para fazer uma recontagem, não há palavras. Deviam ser punidos. E falta ainda referir que dia 10 do mês de Fevereiro, foram técnicos da Gascan ao prédio fazer uma contagem, que eu só pedi para ser feita dia 18. É uma vergonha pedirem-me 129,76€, um autêntico aproveitamento dos clientes. João Miguel Bento

Solução pretendida

  • Revisão da fatura