NOS Comunicações SA


Esta reclamação é pública

  • S. A. Para NOS Comunicações SA

    No início do mês de Dezembro de 2019, fui contactada por uma vendedora da Operadora NOS, Sónia Almeida, cujo contacto é o 933220295.Esta vendedora informou-me que este contacto servia para me informar que o meu periodo de fidelização com a Operadora MEO tinha terminado, e que tinha uma proposta de serviço que seria tão boa ou melhor do que a que já mantinha com a MEO. Agendei uma reunião com a mesma vendedora, onde assinei todos os documentos para celebrar um contrato com a NOS, dos quais constavam dois formulários de Pedido de Portabilidade para os meus dois números móveis associados ao meu contrato com a MEO. Sendo estes o 927249094 e o 939306230.Altura esta em que a vendedora me entregou dois cartões telefónicos, e pediu que os guardasse e aguardasse uma mensagem da Operadora indicando o dia em que os teria de colocar nos telemóveis, o que significava que a portabilidade teria sido processada. Mesmo antes de terem terminado os 15 dias de teste dos serviços da NOS,contactei várias vezes os serviços pelo 16990,para me informarem a razão pela qual os meus números ainda não tinham sofrido a portabilidade.Numa das chamadas, um dos Operadores disse que não havia qualquer informação sobre o que estava a atrasar o processo, mas que deveria dirigir.me a uma Loja NOS e pedir novamente a portabilidade para os mesmo números. Assim sendo, desloquei-me à Loja NOS do Vasco da Gama, onde a funcionária, fez o cancelamento da pedido anterior e efectuou um novo pedido de portabilidade para os números anteriormente referidos. Pedido para o qual voltei a preencher e assinar novos formulários. Dia 02 de Fevereiro fiquei incontatável, devido ao facto de não haver qualquer portabilidade efectuada. Desde esta data , já enviei 3 vezes os formulários para pedir a Portabilidade para manter@nos.pt e sempre dizem que não os receberam.Continuo incontatável e por isso pretendo a rescisão do contrato com a NOS por Justa Causa devido a todo o transtorno e incumprimento contratual por parte da NOS. Como comprovativos, tenho também os números de registo dos assuntos tratados por telefone desde 0 dia 03 de Fevereiro. Somente tenho estes 3, porque só nesta altura me indicaram que caso não requisitasse tais números, as ocorrências não seriam registadas e a NOS não teria qualquer preocupação em resolvê-las. Desde o momento que pedi a rescisão do contrato que tenho recebido chamadas a ameaçar com a factura correspondente ao valor da fidelização com a NOS, factura essa que roça o ridículo, pois desde o início deste contrato, somente houve falhas da parte da empresa NOS, ao ponto de colocarem nas facturas os números de telemóvel que nunca utilizei e que referi várias vezes aos operadores ,querer tirar do meu contrato por não serem meus. Os Códigos dos registos são: INC000055559480 / INC000055576823 / INC000055631962 / 1-32-937972732 .

    Detalhes da reclamação

    No início do mês de Dezembro de 2019, fui contactada por uma vendedora da Operadora NOS, Sónia Almeida, cujo contacto é o 933220295.Esta vendedora informou-me que este contacto servia para me informar que o meu periodo de fidelização com a Operadora MEO tinha terminado, e que tinha uma proposta de serviço que seria tão boa ou melhor do que a que já mantinha com a MEO. Agendei uma reunião com a mesma vendedora, onde assinei todos os documentos para celebrar um contrato com a NOS, dos quais constavam dois formulários de Pedido de Portabilidade para os meus dois números móveis associados ao meu contrato com a MEO. Sendo estes o 927249094 e o 939306230.Altura esta em que a vendedora me entregou dois cartões telefónicos, e pediu que os guardasse e aguardasse uma mensagem da Operadora indicando o dia em que os teria de colocar nos telemóveis, o que significava que a portabilidade teria sido processada. Mesmo antes de terem terminado os 15 dias de teste dos serviços da NOS,contactei várias vezes os serviços pelo 16990,para me informarem a razão pela qual os meus números ainda não tinham sofrido a portabilidade.Numa das chamadas, um dos Operadores disse que não havia qualquer informação sobre o que estava a atrasar o processo, mas que deveria dirigir.me a uma Loja NOS e pedir novamente a portabilidade para os mesmo números. Assim sendo, desloquei-me à Loja NOS do Vasco da Gama, onde a funcionária, fez o cancelamento da pedido anterior e efectuou um novo pedido de portabilidade para os números anteriormente referidos. Pedido para o qual voltei a preencher e assinar novos formulários. Dia 02 de Fevereiro fiquei incontatável, devido ao facto de não haver qualquer portabilidade efectuada. Desde esta data , já enviei 3 vezes os formulários para pedir a Portabilidade para manter@nos.pt e sempre dizem que não os receberam.Continuo incontatável e por isso pretendo a rescisão do contrato com a NOS por Justa Causa devido a todo o transtorno e incumprimento contratual por parte da NOS. Como comprovativos, tenho também os números de registo dos assuntos tratados por telefone desde 0 dia 03 de Fevereiro. Somente tenho estes 3, porque só nesta altura me indicaram que caso não requisitasse tais números, as ocorrências não seriam registadas e a NOS não teria qualquer preocupação em resolvê-las. Desde o momento que pedi a rescisão do contrato que tenho recebido chamadas a ameaçar com a factura correspondente ao valor da fidelização com a NOS, factura essa que roça o ridículo, pois desde o início deste contrato, somente houve falhas da parte da empresa NOS, ao ponto de colocarem nas facturas os números de telemóvel que nunca utilizei e que referi várias vezes aos operadores ,querer tirar do meu contrato por não serem meus. Os Códigos dos registos são: INC000055559480 / INC000055576823 / INC000055631962 / 1-32-937972732 .

    Solução pretendida

    Rescisão do Contrato por Justa Causa

Precisa de apoio?

Peça ajuda aos nossos juristas

211 215 750

Dias úteis, das 9 às 18 horas