back

Debitada prestação indevidamente

Com intervenção da DECO PROTESTE

Esta reclamação é pública

Your complaint

L. S.

Para: Cofidis

15/01/2020

Venho por este meio relatar a seguinte situação: Em Agosto 2017 pedi um crédito à Cofidis para um carro. Tudo correu bem, até que em 31 Dezembro 2019 contactei para pedir a liquidação total do crédito. O valor foi calculado para dia 10 Janeiro 2020 e era 9042,30€. No dia 9 de Janeiro liguei para confirmar que ia pagar por entidade referência, e voltaram me a confirmar os 9042,30€, e que 100% da minha dívida eataria liquidada. Liquidei a dívida, e pensei que estaria tranquilo... mas não. Dia 10 Janeiro voltaram me a debitar a prestação de 257,47€, liguei para lá e disseram me para estar tranquilo pois apenas foi-me tirado o dinheiro devido a nota estar já lançada e que a prestação seria creditada de novo na minha conta. Qual não é o meu espanto quando hoje recebo uma SMS a dizer que foi creditado 70,35€. Faltando assim cerca de 187€. Liguei e disseram me que tinha sido acertos a fazer. Logo exigi a reposição do valor em falta pois em momento algum me falaram de acertos! Em 3 chamadas relaizadas antes do dia 10, todos mw confirmaram que pagando a referência com o valor de 9042,30€ ficaria sem qualquer dívida a eles! E agora aparecem mais quase 200€ do nada? Nada disto foi falado da parte deles! Se houve incompetência dos funcionários da cofidis, eu não tenho culpa! Pedi para liquidar 100% , liqueidei, valor esse confirmado 3x em 3 chamadas diferentes. Planeei a minha vida e o meu dinheiro dessa forma. É extremamente abusivo falarem que afinal não estava tudo, quando eu pedi 3x! Foi me garantido que podia estar tranquilo que me seria devolvida a prestação! Isto só tem um nome: ROUBO

Solução pretendida

  • Reembolso: € 257,47

Messages (1)

Enviada à DECO PROTESTE a 09 fevereiro 2020

L. S.

Para: DECO PROTESTE

09/02/2020
This answer is private