back

Reclamação à Fatura A710801536 e ao comportamento desta entidade

Caso encerrado Resolvida sem sucesso

Esta reclamação é pública

Reclamação

C. C.

Para: MEO

15/01/2020

Venho por este meio solicitar a anulação da fatura A710801536 emitida a 03/01/2020, tendo em conta que, em momento algum me foi dada a informação de que teria que pagar uma penalização por ativação de canais. Conforme carta emitida a 26/11/2019, o único valor de penalização que terei liquidar diz respeito a um voucher rebatido em 16/07/2019 , passo a transcrever: ‘Como ainda está a decorrer o período de fidelização, vamos faturar a título de penalização a quantia relativa aos benefícios/vantagens conferidos e identificados no âmbito da sua adesão a este serviço. O montante, que totaliza € 56,02, será cobrado na última fatura e foi calculado de acordo com a seguinte fórmula: (período de fidelização – n.º de meses em que os serviços estiveram ativos) x (benefícios e vantagens conferidos) / (período de fidelização), em momento algum é referido qualquer valor relativo a canais premium. Relativamente ao voucher, esse sim, importa referir que assumo a responsabilidade e que assim que esta situação se encontre resolvida este valor sim será pago por mim! Poderão, também, verificar através da chamada recebida a 2019-12-06 pelas 21:20h, em que questionei se, para alem das prestações dos equipamentos teria que pagar algo mais, onde me foi indicado claramente, que não (por favor solicito que seja levantada a gravação desta chamada). Aproveito também, para mostrar a minha insatisfação completa relativa a esse contato, pela forma como fui tratada, quase em tom de ameaça. Nunca em momento algum, tendo eu sido cliente da MEO há mais de 6 anos (como titular) fui tratada de forma semelhante à desta chamada. Face aos factos acima descritos, solicito imediata anulação do valor erradamente cobrado que diz respeito à penalização por subscrição de canais. Importa referir também que fiz o pedido de rescisão do meu contrato com os 15 dias de antecedência (conforme legislação em vigor) e deixei oficialmente de ser cliente da MEO em 09 de Dezembro de 2019. Apenas em 10 de Janeiro 1 mês depois e já depois de ter entregue todos os equipamentos e de estar ciente do valor que teriam que reembolsar e, saliento mais uma vez, já não sendo cliente MEO, vêm exigir o pagamento de uma multa. Não é correto nem legalmente válido. Durante a execução do contrato que tive com a MEO sempre cumpri com as minhas obrigações e por isso não aceito de forma alguma o comportamento que a MEO está a assumir perante mim. Informo também que reclamarei em TODAS as vias e instâncias que me forem permitidas até que se dignem a terminar com esta sucessiva apresentação de coimas!!!! Agradeço desde já a vossa atenção e aguardo resposta da vossa parte com a maior brevidade possível.

Solução pretendida

  • Revisão da fatura