Facturação após cancelamento de Serviço

NOS Comunicações SA


Esta reclamação é pública

  • I. C. Para NOS Comunicações SA

    Chamo-me Irene Rebelo Cardoso e em 29 de março de 2017, associamos o número de telemóvel ao pacote de televisão. O Contrato foi feito em nome do meu marido, RMMB, com o NIF121852369 e nº de cliente C719442131. Contudo, tenho sido eu sempre a contactar a NOS em virtude do meu marido ser uma pessoa com pouca disponibilidade, quer via lojas NOS, quer via Linha de apoio ao cliente. Por outro lado, o meu email e telemóvel 962001402 eram os contatos associados ao serviço. Findo o período de fidelização solicitamos numa loja NOS em Albufeira, em 5 de julho de 2019 o cancelamento do serviço (televisão e telemóvel), cuja cópia anexamos (anexo 1). Desde aí, e apesar de termos feito o pagamento da mensalidade até ao final de julho (televisão e telemóvel), e mesmo sem já ter o serviço e termos devolvido os equipamentos, continuei a receber notificações por sms e emails, em como tinha de pagar o valor de 6,99 euros relativo ao telemóvel 936257921, telemóvel esse, que está inativo (sem utilização) desde maio de 2019, altura em que na mesma Loja, pedi para dar o mesmo como perdido. Assim, todos os meses recebo faturas e mensagens para efetuar o pagamento, de um serviço que já tinha sido cancelado. Recorri por várias vezes à loja NOS de Albufeira (na qual sempre fui bem atendida), no sentido de reclamar, na qual me informaram que tendo suspendido o serviço em 5/7, não teria de pagar a fatura referente ao período de 8 a 31 de agosto (ver anexo 2). Efetuei vários contactos pela linha de apoio ao cliente16990. No primeiro contacto, o operador (não me lembro do nome), confirmou tratar-se de um lapso e que a situação iria ser resolvida. No contacto do dia 6/8, após conversa telefónica, informaram-me que efetivamente não tinha nada a pagar ou a regularizar e que a situação ficaria resolvida e recebi o seguinte no meu telemóvel 962001402: O seu pedido ficou registado com o número INC000036280587 e será resolvido até ao dia 07/ago. Mais informações ligue 16990. No dia 5 de setembro depois de nova deslocação à loja da NOS, em Albufeira, fui contactada por uma operadora entre as 15h e as 15h30 que reafirmou que o problema seria resolvido e respondendo à minha pergunta se efetivamente não tinha nada a regularizar, respondeu-me que não e que o problema seria resolvido (sugiro a audição da gravação da chamada). No dia 11 de setembro dirigi-me mais uma vez à loja NOS e fiz uma reclamação por escrito ao Conselho de Administração da NOS com o número 51470 (anexo3). Sábado, dia 5 de outubro recebi a seguinte mensagem: Se não recebermos o pagamento das suas faturas NOS dentro de 48h, teremos de recorrer a tribunal. Se ainda não pagou, use o multibanco: Ent 21579 Ref 102461967 Valor 6.99 euros. O que me fez uma vez mais reclamar na Loja. Verificou-se que a fatura já tinha sido encaminhada para o contencioso (embora a técnica do contencioso com quem falei, me dissesse que teria de ligar no dia seguinte porque ainda não podia aceder ao processo). Dia 8 efetuei a ligação para o serviço de contencioso, e mais uma vez expliquei todo o processo (não imaginam as horas que perdi no meu trabalho, para tentar resolver este problema). Falei com o operador Tiago, o qual me disse que se a fatura é referente ao mês de agosto, não faz sentido estarem a cobrar esse valor. Após verificação do processo confirmou ser a fatura referente ao mês de Agosto, e que uma vez que já tinha cancelado o serviço em Julho, pode tratar-se de um erro a cobrar esse valor, que os colegas iriam analisar o caso e depois iriam contactar-me para o meu número de telefone. Até hoje, dia 9 às 22h não recebi mais qualquer informação. Hoje voltei a receber sms e email com a indicação de ter uma fatura para pagar: A fatura NOS de outubro já esta disponível em https://cliente.nos.pt/download/invoices/NIF/94778FDB03717499E0530CB8A70A9C35?type=fe. Use o multibanco: Ent 21579 Ref 102461967 Valor 6.99 EUR até 28/10/2019. Agradeço a vossa interferência urgente, neste processo que me tem estado a ser penoso, pelo desgaste que me tem provocado. Não é pelo valor em causa, pois até já pensei pagar o valor, mas pela incerteza de que isso possa não ser suficiente para resolver o problema e pelo facto de ser injusto.

    Detalhes da reclamação

    Chamo-me Irene Rebelo Cardoso e em 29 de março de 2017, associamos o número de telemóvel ao pacote de televisão. O Contrato foi feito em nome do meu marido, RMMB, com o NIF121852369 e nº de cliente C719442131. Contudo, tenho sido eu sempre a contactar a NOS em virtude do meu marido ser uma pessoa com pouca disponibilidade, quer via lojas NOS, quer via Linha de apoio ao cliente. Por outro lado, o meu email e telemóvel 962001402 eram os contatos associados ao serviço. Findo o período de fidelização solicitamos numa loja NOS em Albufeira, em 5 de julho de 2019 o cancelamento do serviço (televisão e telemóvel), cuja cópia anexamos (anexo 1). Desde aí, e apesar de termos feito o pagamento da mensalidade até ao final de julho (televisão e telemóvel), e mesmo sem já ter o serviço e termos devolvido os equipamentos, continuei a receber notificações por sms e emails, em como tinha de pagar o valor de 6,99 euros relativo ao telemóvel 936257921, telemóvel esse, que está inativo (sem utilização) desde maio de 2019, altura em que na mesma Loja, pedi para dar o mesmo como perdido. Assim, todos os meses recebo faturas e mensagens para efetuar o pagamento, de um serviço que já tinha sido cancelado. Recorri por várias vezes à loja NOS de Albufeira (na qual sempre fui bem atendida), no sentido de reclamar, na qual me informaram que tendo suspendido o serviço em 5/7, não teria de pagar a fatura referente ao período de 8 a 31 de agosto (ver anexo 2). Efetuei vários contactos pela linha de apoio ao cliente16990. No primeiro contacto, o operador (não me lembro do nome), confirmou tratar-se de um lapso e que a situação iria ser resolvida. No contacto do dia 6/8, após conversa telefónica, informaram-me que efetivamente não tinha nada a pagar ou a regularizar e que a situação ficaria resolvida e recebi o seguinte no meu telemóvel 962001402: O seu pedido ficou registado com o número INC000036280587 e será resolvido até ao dia 07/ago. Mais informações ligue 16990. No dia 5 de setembro depois de nova deslocação à loja da NOS, em Albufeira, fui contactada por uma operadora entre as 15h e as 15h30 que reafirmou que o problema seria resolvido e respondendo à minha pergunta se efetivamente não tinha nada a regularizar, respondeu-me que não e que o problema seria resolvido (sugiro a audição da gravação da chamada). No dia 11 de setembro dirigi-me mais uma vez à loja NOS e fiz uma reclamação por escrito ao Conselho de Administração da NOS com o número 51470 (anexo3). Sábado, dia 5 de outubro recebi a seguinte mensagem: Se não recebermos o pagamento das suas faturas NOS dentro de 48h, teremos de recorrer a tribunal. Se ainda não pagou, use o multibanco: Ent 21579 Ref 102461967 Valor 6.99 euros. O que me fez uma vez mais reclamar na Loja. Verificou-se que a fatura já tinha sido encaminhada para o contencioso (embora a técnica do contencioso com quem falei, me dissesse que teria de ligar no dia seguinte porque ainda não podia aceder ao processo). Dia 8 efetuei a ligação para o serviço de contencioso, e mais uma vez expliquei todo o processo (não imaginam as horas que perdi no meu trabalho, para tentar resolver este problema). Falei com o operador Tiago, o qual me disse que se a fatura é referente ao mês de agosto, não faz sentido estarem a cobrar esse valor. Após verificação do processo confirmou ser a fatura referente ao mês de Agosto, e que uma vez que já tinha cancelado o serviço em Julho, pode tratar-se de um erro a cobrar esse valor, que os colegas iriam analisar o caso e depois iriam contactar-me para o meu número de telefone. Até hoje, dia 9 às 22h não recebi mais qualquer informação. Hoje voltei a receber sms e email com a indicação de ter uma fatura para pagar: A fatura NOS de outubro já esta disponível em https://cliente.nos.pt/download/invoices/NIF/94778FDB03717499E0530CB8A70A9C35?type=fe. Use o multibanco: Ent 21579 Ref 102461967 Valor 6.99 EUR até 28/10/2019. Agradeço a vossa interferência urgente, neste processo que me tem estado a ser penoso, pelo desgaste que me tem provocado. Não é pelo valor em causa, pois até já pensei pagar o valor, mas pela incerteza de que isso possa não ser suficiente para resolver o problema e pelo facto de ser injusto.

    Solução pretendida

    Revisão da fatura

    Pedido de desculpas e documento comprovativo de que não devo nada à NOS

    Documentos anexados
    • Documento comprovativo
    • Documento comprovativo
    • Documento comprovativo

Precisa de apoio?

Peça ajuda aos nossos juristas

211 215 750

Dias úteis, das 9 às 18 horas