Caixa Geral de Depósitos


Esta reclamação é pública

  • A. L. Para Caixa Geral de Depósitos

    A reclamação têm inicio em Janeiro de 2012 tinha acabado de entrar para universidade do Minho no Campus de Guimarães onde ficaria situado a agência da caixa geral de depósitos durante a inscrição foi me cedido toda a documentação para abertura de conta que seria sem custos visto ser uma contas estudantes...., até aqui tudo bem. comecei a depositar algumas dezenas de € para movimentar a conta, ora isso foi sol de pouco dura pois passado 4 meses dirigindo-me a uma caixa multibanco para efectuar um levantamento, o cartão foi caçado pela maquina. Passado uns dias dirigi-me a agência no Campus onde fui informado que tal aconteceu porque segundo a agência estaria em litígio para com o Banco e que a conta estaria congelada ao qual respondi com ignorância que já estivera em litígio , mas que naquele momento estaria já em insolvência e que normalmente esta informação já deveria estar em posse do banco ( ao qual eu pergunto porquê que abriram a conta?). Ao que o director do banco me respondeu que nada poderia fazer para reactivar a conta,e que eu estaria impossibilitado de encerrar a mesma até que esta situação fosse resolvida. Passaram 7 anos, 7 ..., inicio de 2018 depois de tantos anos e já com a exoneração efectiva pensei que o assunto estaria arrumado e trancado a sete chaves, mas não, volto ao portal do banco inseri os códigos de acesso tudo muito bem verifico o saldo e lá está a maioria do saldo tinha desaparecido mas como pergunto eu, uma conta que não pode ser encerrada não pode efectuar qualquer tipo de movimentações e continua congelada passado 6 anos teve que pagar manutenção de conta porquê? Mas como sou persistente e gosto de perceber por mim mesmo em Janeiro de 2018 fiz um deposito de 40€ que também não pude movimentar pois a conta continua suspensa mas continua a ser debitada a manutenção de conta. Agora passado um ano, querendo verificar se a nível de responsabilidade de credito estava tudo em ordem, para meu grande espanto mais uma vinda desta mesma agência ao mesmo banco não percebo de onde vêm esta responsabilidade sabendo que deste banco só e só tenho uma conta que passado 6 anos continua congelada não tenho nem cartões nem caderneta e pouca disponibilidade para ir a agências de incompetentes. Por isso peço ao portal que analise esta situação mas não só a minha que tente aprovar de quantas contas este banco está a extorquir dinheiro de contas inactivas e congeladas por eles mesmos. Além desta instituição não dar cavaco a ninguém nem sequer se dar ao trabalho de informar o cliente do ponto da situação, passado dois meses ainda arranjaram forma de acordar o dragão, pois para mais uma vez o meu espanto quando acedi a conta de novo neste dia o que deparei?... mais umas cobrança de manutenção de conta e desta vez não foram assim tão poucas foram mesmo até o ultimo cêntimo. Mas quando é que isto vai parar alguém sabe? É vergonhoso. sem mais assunto Agradecimentos. António Freitas de Lima

    Detalhes da reclamação

    A reclamação têm inicio em Janeiro de 2012 tinha acabado de entrar para universidade do Minho no Campus de Guimarães onde ficaria situado a agência da caixa geral de depósitos durante a inscrição foi me cedido toda a documentação para abertura de conta que seria sem custos visto ser uma contas estudantes...., até aqui tudo bem. comecei a depositar algumas dezenas de € para movimentar a conta, ora isso foi sol de pouco dura pois passado 4 meses dirigindo-me a uma caixa multibanco para efectuar um levantamento, o cartão foi caçado pela maquina. Passado uns dias dirigi-me a agência no Campus onde fui informado que tal aconteceu porque segundo a agência estaria em litígio para com o Banco e que a conta estaria congelada ao qual respondi com ignorância que já estivera em litígio , mas que naquele momento estaria já em insolvência e que normalmente esta informação já deveria estar em posse do banco ( ao qual eu pergunto porquê que abriram a conta?). Ao que o director do banco me respondeu que nada poderia fazer para reactivar a conta,e que eu estaria impossibilitado de encerrar a mesma até que esta situação fosse resolvida. Passaram 7 anos, 7 ..., inicio de 2018 depois de tantos anos e já com a exoneração efectiva pensei que o assunto estaria arrumado e trancado a sete chaves, mas não, volto ao portal do banco inseri os códigos de acesso tudo muito bem verifico o saldo e lá está a maioria do saldo tinha desaparecido mas como pergunto eu, uma conta que não pode ser encerrada não pode efectuar qualquer tipo de movimentações e continua congelada passado 6 anos teve que pagar manutenção de conta porquê? Mas como sou persistente e gosto de perceber por mim mesmo em Janeiro de 2018 fiz um deposito de 40€ que também não pude movimentar pois a conta continua suspensa mas continua a ser debitada a manutenção de conta. Agora passado um ano, querendo verificar se a nível de responsabilidade de credito estava tudo em ordem, para meu grande espanto mais uma vinda desta mesma agência ao mesmo banco não percebo de onde vêm esta responsabilidade sabendo que deste banco só e só tenho uma conta que passado 6 anos continua congelada não tenho nem cartões nem caderneta e pouca disponibilidade para ir a agências de incompetentes. Por isso peço ao portal que analise esta situação mas não só a minha que tente aprovar de quantas contas este banco está a extorquir dinheiro de contas inactivas e congeladas por eles mesmos. Além desta instituição não dar cavaco a ninguém nem sequer se dar ao trabalho de informar o cliente do ponto da situação, passado dois meses ainda arranjaram forma de acordar o dragão, pois para mais uma vez o meu espanto quando acedi a conta de novo neste dia o que deparei?... mais umas cobrança de manutenção de conta e desta vez não foram assim tão poucas foram mesmo até o ultimo cêntimo. Mas quando é que isto vai parar alguém sabe? É vergonhoso. sem mais assunto Agradecimentos. António Freitas de Lima

    Solução pretendida

    Reembolso: € 1000,00

    Compensação

    Reparação

    Documentos anexados
    • Documento comprovativo
  • A. L. Para Caixa Geral de Depósitos

    Boa tarde, dirijo-me mais uma vez a este portal para demonstrar o meu descontentamento para com esta instituição e mostrar mais uma vez, a incompetências do nosso serviço publico privado do sistema bancário. E mais uma vez venho pôr a nu a falta de consideração pelos clientes, mais uma vez esta instituição anda a brincar comigo pois repararam um erro da parte deles ( a responsabilidade de credito) mas esqueceram-se ou fizeram-se esquecidos da parte monetária, que não sendo muito nem pouco é meu e o que esta instituição fez não têm outro nome do que extorquir os clientes neste caso eu. Mas em poucas palavras segue abaixo a resposta indecente que a directora adjunta me enviou. Que vergonha.....

    Boa tarde, dirijo-me mais uma vez a este portal para demonstrar o meu descontentamento para com esta instituição e mostrar mais uma vez, a incompetências do nosso serviço publico privado do sistema bancário. E mais uma vez venho pôr a nu a falta de consideração pelos clientes, mais uma vez esta instituição anda a brincar comigo pois repararam um erro da parte deles ( a responsabilidade de credito) mas esqueceram-se ou fizeram-se esquecidos da parte monetária, que não sendo muito nem pouco é meu e o que esta instituição fez não têm outro nome do que extorquir os clientes neste caso eu. Mas em poucas palavras segue abaixo a resposta indecente que a directora adjunta me enviou. Que vergonha.....


    Anexos
    • Documento comprovativo
  • Caixa Geral de Depósitos Para A. L.

    Exmos. Senhores Confirmamos o registo do seu contacto ao qual atribuímos a referencia 01919008554. Estamos empenhados em tratar com rigor e celeridade as exposições que nos são remetidas. Assim, faremos o que estiver ao nosso alcance para esclarecer e corrigir rapidamente o sucedido. A resposta será assegurada em 15 dias úteis pela Direção de Organização e Qualidade. Este prazo poderá ser excedido quando a natureza da reclamação ou a sua resolução o exigirem. Agradecendo o V/ contacto, apresentamos os melhores cumprimentos, [cid:image002.jpg@01D4B261.33354D10] Direção de Organização e Qualidade .www.cgd.pt Antes de imprimir esta mensagem, pense no meio ambiente. Este e-mail, assim como os ficheiros eventualmente anexos, é reservado aos seus destinatários, e pode conter informação confidencial ou estar sujeito a restrições legais. Se não é o seu destinatário ou se recebeu esta mensagem por motivo de erro, solicitamos que não faça qualquer uso ou divulgação do seu conteúdo e proceda à eliminação permanente desta mensagem e respetivos anexos. Caixa Geral de Depósitos, S.A. Sede Social: Av. João XXI, 63, 1000-300 LISBOA Capital Social 5 900 000 000 Eur C.R. comercial Lisboa Matrícula 2900 Contribuinte IVA PT 500 960 046 Condições gerais

    Exmos. Senhores Confirmamos o registo do seu contacto ao qual atribuímos a referencia 01919008554. Estamos empenhados em tratar com rigor e celeridade as exposições que nos são remetidas. Assim, faremos o que estiver ao nosso alcance para esclarecer e corrigir rapidamente o sucedido. A resposta será assegurada em 15 dias úteis pela Direção de Organização e Qualidade. Este prazo poderá ser excedido quando a natureza da reclamação ou a sua resolução o exigirem. Agradecendo o V/ contacto, apresentamos os melhores cumprimentos, [cid:image002.jpg@01D4B261.33354D10] Direção de Organização e Qualidade .www.cgd.pt Antes de imprimir esta mensagem, pense no meio ambiente. Este e-mail, assim como os ficheiros eventualmente anexos, é reservado aos seus destinatários, e pode conter informação confidencial ou estar sujeito a restrições legais. Se não é o seu destinatário ou se recebeu esta mensagem por motivo de erro, solicitamos que não faça qualquer uso ou divulgação do seu conteúdo e proceda à eliminação permanente desta mensagem e respetivos anexos. Caixa Geral de Depósitos, S.A. Sede Social: Av. João XXI, 63, 1000-300 LISBOA Capital Social 5 900 000 000 Eur C.R. comercial Lisboa Matrícula 2900 Contribuinte IVA PT 500 960 046 Condições gerais

  • A. L. Para Caixa Geral de Depósitos

    Boa tarde. Mais uma vez recorro a este portal afim de ver esta situação resolvida, mas parece que esta não tem fim. Recorro agora por mais dois motivos os quais serão explicado abaixo. O primeiro é mais uma vez para demonstrar a falta de organização desta instituição, pois depois das minhas ultimas denuncias o departamento central da caixa desbloqueou a conta e devolveu parte dos últimos dividendos usurpados, informando-me que visto a situação ficara resolvida que teria de ser eu a denunciar o contrato por correspondência ou directamente em qualquer agência da caixa (ver anexo da ultima reclamação). Dois dias depois recebo uma correspondência da agência de Guimarães, em que a própria caixa promoveu a denuncia do mesmo contrato (ver anexo), agora pergunto onde está a hierarquia no meio desta instituição e afinal para onde seriam enviados ou transferidos os dividendos devolvidos, (no meu ver é só mais uma forma de promover o roubo e usurpar os dividendos depositados, no final de contas o objectivo é ficar na mesma com o meu dinheiro). Segundo motivo. Pronto por fim tinha acesso a conta através do caixa directa e a caixa tinha-me devolvido parte dos dividendos usurpados reflectindo sobre a troca de correspondência e visto que numa delas era mencionado o encerramento da conta resolvi "vasculhar" em casa para ver se encontrava o cartão matriz para efectuar uma transferência para outra instituição bancaria que não a caixa de forma a caixa não ficar com os dividendos devolvidos depois de muita procura como por magia estava ele a sorrir para mim fazia-se luz no fundo do túnel parte da situação estaria preste a resolver-se. Munido de um PC, das credenciais para a caixa directa e o cartão matriz já nada devia impedir a maldita transferência, inseri as credenciais tudo normal dirigi-me a transferência inserir o iban tudo normal inserir o valor ainda teria que pagar 0.83€ de comissões ( mais um roubo) mas pronto lá teria que ser carrego no finalizar e ........PAFF........ de volta a o inicio mensagem insira o nº de contrato e o código de acesso volto a inserir os mesmos e ...................PAFF....... novamente Autenticação incorrecta, impossível de fazer a transferência dirijo-me ao telemóvel onde já tinha tido acesso e onde parte das credenciais estavam pré preenchidas mas impossível aceder .Sem culpabilizar a caixa por este incidente pois ainda não tenho a certeza que tenha parte de culpa nisto eu se fui mesmo eu que inserir mal as credenciais o que acho quase improvável, o que é certo é que tinha mais uma vez um problema para resolver, pesquiso mais um pouco para saber como desbloquear a situação e mais uma vez burocracias pela frente existe três possibilidades de desbloquear a situação a primeira num balcão cgd (isto é para quem têm muito tempo), segunda possibilidade dirigir-me a uma caixa multibanco com um cartão ( para quem os têm), terceira possibilidade por correspondência via correio ( única possibilidade para mim processo demorado diria mesmo penoso pois têm de se fazer o pedido depois escolher o código para eles poderem enviarem uma carta a qual terá de ser assinada e devolvida a correr bem uma a duas semanas para resolverem esta situação). Só espero que quando voltar a ter as credenciais e ao tentar transferir o dinheiro que não tenha mais uma surpresa seja de forro de acesso seja de comissões inventadas.

    Boa tarde. Mais uma vez recorro a este portal afim de ver esta situação resolvida, mas parece que esta não tem fim. Recorro agora por mais dois motivos os quais serão explicado abaixo. O primeiro é mais uma vez para demonstrar a falta de organização desta instituição, pois depois das minhas ultimas denuncias o departamento central da caixa desbloqueou a conta e devolveu parte dos últimos dividendos usurpados, informando-me que visto a situação ficara resolvida que teria de ser eu a denunciar o contrato por correspondência ou directamente em qualquer agência da caixa (ver anexo da ultima reclamação). Dois dias depois recebo uma correspondência da agência de Guimarães, em que a própria caixa promoveu a denuncia do mesmo contrato (ver anexo), agora pergunto onde está a hierarquia no meio desta instituição e afinal para onde seriam enviados ou transferidos os dividendos devolvidos, (no meu ver é só mais uma forma de promover o roubo e usurpar os dividendos depositados, no final de contas o objectivo é ficar na mesma com o meu dinheiro). Segundo motivo. Pronto por fim tinha acesso a conta através do caixa directa e a caixa tinha-me devolvido parte dos dividendos usurpados reflectindo sobre a troca de correspondência e visto que numa delas era mencionado o encerramento da conta resolvi "vasculhar" em casa para ver se encontrava o cartão matriz para efectuar uma transferência para outra instituição bancaria que não a caixa de forma a caixa não ficar com os dividendos devolvidos depois de muita procura como por magia estava ele a sorrir para mim fazia-se luz no fundo do túnel parte da situação estaria preste a resolver-se. Munido de um PC, das credenciais para a caixa directa e o cartão matriz já nada devia impedir a maldita transferência, inseri as credenciais tudo normal dirigi-me a transferência inserir o iban tudo normal inserir o valor ainda teria que pagar 0.83€ de comissões ( mais um roubo) mas pronto lá teria que ser carrego no finalizar e ........PAFF........ de volta a o inicio mensagem insira o nº de contrato e o código de acesso volto a inserir os mesmos e ...................PAFF....... novamente Autenticação incorrecta, impossível de fazer a transferência dirijo-me ao telemóvel onde já tinha tido acesso e onde parte das credenciais estavam pré preenchidas mas impossível aceder .Sem culpabilizar a caixa por este incidente pois ainda não tenho a certeza que tenha parte de culpa nisto eu se fui mesmo eu que inserir mal as credenciais o que acho quase improvável, o que é certo é que tinha mais uma vez um problema para resolver, pesquiso mais um pouco para saber como desbloquear a situação e mais uma vez burocracias pela frente existe três possibilidades de desbloquear a situação a primeira num balcão cgd (isto é para quem têm muito tempo), segunda possibilidade dirigir-me a uma caixa multibanco com um cartão ( para quem os têm), terceira possibilidade por correspondência via correio ( única possibilidade para mim processo demorado diria mesmo penoso pois têm de se fazer o pedido depois escolher o código para eles poderem enviarem uma carta a qual terá de ser assinada e devolvida a correr bem uma a duas semanas para resolverem esta situação). Só espero que quando voltar a ter as credenciais e ao tentar transferir o dinheiro que não tenha mais uma surpresa seja de forro de acesso seja de comissões inventadas.


    Anexos
    • Documento comprovativo
  • Caixa Geral de Depósitos Para A. L.

    Exmos. Senhores Confirmamos o registo do seu contacto ao qual atribuímos a referencia 01919009350. Estamos empenhados em tratar com rigor e celeridade as exposições que nos são remetidas. Assim, faremos o que estiver ao nosso alcance para esclarecer e corrigir rapidamente o sucedido. A resposta será assegurada em 15 dias úteis pela Direção de Organização e Qualidade. Este prazo poderá ser excedido quando a natureza da reclamação ou a sua resolução o exigirem. Agradecendo o V/ contacto, apresentamos os melhores cumprimentos, [cid:image002.jpg@01D4B261.33354D10] Direção de Organização e Qualidade .www.cgd.pt Antes de imprimir esta mensagem, pense no meio ambiente. Este e-mail, assim como os ficheiros eventualmente anexos, é reservado aos seus destinatários, e pode conter informação confidencial ou estar sujeito a restrições legais. Se não é o seu destinatário ou se recebeu esta mensagem por motivo de erro, solicitamos que não faça qualquer uso ou divulgação do seu conteúdo e proceda à eliminação permanente desta mensagem e respetivos anexos. Caixa Geral de Depósitos, S.A. Sede Social: Av. João XXI, 63, 1000-300 LISBOA Capital Social 5 900 000 000 Eur C.R. comercial Lisboa Matrícula 2900 Contribuinte IVA PT 500 960 046 Condições gerais

    Exmos. Senhores Confirmamos o registo do seu contacto ao qual atribuímos a referencia 01919009350. Estamos empenhados em tratar com rigor e celeridade as exposições que nos são remetidas. Assim, faremos o que estiver ao nosso alcance para esclarecer e corrigir rapidamente o sucedido. A resposta será assegurada em 15 dias úteis pela Direção de Organização e Qualidade. Este prazo poderá ser excedido quando a natureza da reclamação ou a sua resolução o exigirem. Agradecendo o V/ contacto, apresentamos os melhores cumprimentos, [cid:image002.jpg@01D4B261.33354D10] Direção de Organização e Qualidade .www.cgd.pt Antes de imprimir esta mensagem, pense no meio ambiente. Este e-mail, assim como os ficheiros eventualmente anexos, é reservado aos seus destinatários, e pode conter informação confidencial ou estar sujeito a restrições legais. Se não é o seu destinatário ou se recebeu esta mensagem por motivo de erro, solicitamos que não faça qualquer uso ou divulgação do seu conteúdo e proceda à eliminação permanente desta mensagem e respetivos anexos. Caixa Geral de Depósitos, S.A. Sede Social: Av. João XXI, 63, 1000-300 LISBOA Capital Social 5 900 000 000 Eur C.R. comercial Lisboa Matrícula 2900 Contribuinte IVA PT 500 960 046 Condições gerais

Precisa de apoio?

Peça ajuda aos nossos juristas

211 215 750

Dias úteis, das 9 às 18 horas