CUIDADO COM AS FRAUDES

AS FRAUDES E OS PERFIS FALSOS SÃO BEM REAIS

Há várias formas de roubo de dados e identidade, desde as mais notórias falsidades até às mais elaboradas e convincentes. Mas há também várias maneiras de prevenir este roubo. Ensinamos-te o que são e como podem ser evitadas.

A internet e as redes sociais representam oportunidades incríveis e revolucionaram a forma como comunicamos, mas também escondem práticas ilegais, para as quais é importante que estejas alerta.

O phishing acontece quando alguém tenta roubar informações como as tuas palavras-passe ou códigos multibanco fingindo ser alguém em quem confias através de um email, mensagem ou outra forma de comunicação online. Os emails de phishing (e os sites inseguros para os quais te podem remeter ou os anexos que podem querer que abras) podem, igualmente, trazer vírus para o teu computador ou telemóvel.

Antes de clicares num endereço ou colocares a tua palavra-passe num site em que nunca estiveste antes, é boa ideia perguntares a ti mesmo algumas questões sobre aquele email ou site:

- Parece profissional como outras páginas da Internet que conheces e confias?

- O endereço URL coincide com os produtos ou o nome da empresa e a informação que estás à procura?

- O URL começa com https:// precedido de um pequeno cadeado?

- Há pop-ups do estilo de spam?

- O email ou a página de Internet estão a oferecer uma coisa que soa demasiado boa para ser verdade (como a hipótese de ganhar dinheiro sem esforço)?

- O texto tem gralhas ou erros ortográficos grosseiros ou parece ser uma tradução mal conseguida?

Antes de mais, não entres em pânico.

- Conta imediatamente aos teus pais, professores ou a algum adulto em quem confies. Quanto mais esperares, pior será.

- Muda as tuas palavras-passe em todas as tuas contas online.

- Se foste enganado numa fraude, avisa rapidamente os teus amigos e pessoas na tua lista de contactos porque eles podem ser os próximos alvos.

- Sempre que possível, usa as definições para reportar a mensagem ou email como spam.

Para além da forma mais tradicional de phishing há ainda outras variantes, sendo as mais comuns as que se seguem:

- Spearphishing é uma fraude em que um atacante te tem como um alvo mais preciso e onde é utilizada a tua própria informação pessoal.

- Catphishing é uma fraude em que é criada uma identidade ou uma conta falsa numa rede social para enganar as pessoas e levá-las a partilhar a sua informação pessoal ou a fazê-las crer que estão a falar com uma pessoa real atrás duma conta, perfil ou página verdadeira.

- Clickbait é a técnica de utilizar fraudulentamente conteúdos, publicações ou anúncios manipulativos online com o objetivo de captar a atenção das pessoas e levá-las a clicar num endereço ou num link, a maior parte das vezes para aumentar o número de visualizações ou o tráfego da página no sentido de fazer dinheiro.

Também te pode interessar...