Este website utiliza cookies que facilitam a navegação, o registo e a recolha de dados estatísticos.
A informação armazenada nos cookies é utilizada exclusivamente pela PROTESTE INVESTE. Ao navegar com os cookies ativos consente a sua utilização.
ver mais sobre cookies
ok, continuar
Universo DECO:

IRS: englobamento das rendas com entrega eletrónica?

Data da publicação: 10/03/2014

“Li que serei obrigado a entregar o IRS por via eletrónica se decidir englobar o que recebo em rendas de imóveis. É verdade?”

A opção pelo englobamento dos rendimentos provenientes de rendas de imóveis (categoria  F) não implica, só por si, a obrigatoriedade de entregar a declaração de IRS pela Internet. O mesmo sucede com as mais-valias mobiliárias (categoria G).

No entanto, se escolher englobar as rendas recebidas de imóveis alugados e/ou as mais ou menos-valias geradas pela venda de ações, terá de englobar todos os restantes rendimentos auferidos. É o que acontecerá, por exemplo, se tiver recebido juros de uma conta a prazo ou dividendos de empresas. E nessas eventualidades, que são bastante comuns, tem de incluir os rendimentos dos juros e os dividendos no Anexo E (rendimentos de capitais) e, dessa forma, ser obrigado a fazer a entrega por via eletrónica.

Por outras palavras, na grande maioria dos casos, o englobamento forçará a uma entrega do IRS pela Net. Use o software gratuito IRX para simular as vantagens e os inconvenientes financeiros dessa decisão.

Conteúdo reservado para subscritores X

Vantagens exclusivas

  • Conselhos isentos
  • Avaliação de produtos financeiros
  • Carteiras de ações e de fundos

"Sigo os conselhos da Proteste Investe e, este ano, estou a ter uma rentabilidade de 5% na minha carteira de investimento."