Este website utiliza cookies que facilitam a navegação, o registo e a recolha de dados estatísticos.
A informação armazenada nos cookies é utilizada exclusivamente pela PROTESTE INVESTE. Ao navegar com os cookies ativos consente a sua utilização.
ver mais sobre cookies
ok, continuar
Universo DECO:
página principal > investir > ações > análises e conselhos

Ações: análises e conselhos

Resultados das empresas, perspetivas futuras, mudanças de conselho, operações de compra, venda ou aumento de capital: as análises regulares das ações incluídas na nossa seleção pretendem ajudá-lo, de modo simples e objetivo, nas suas decisões de investimento.



Análises mais recentes

EDP com boas perspetivas

Os resultados semestrais da EDP caíram 19,5%, em linha com o esperado. Mas a elétrica aumentou as previsões de lucros para este ano e as perspetivas são positivas.

A semana em bolsa: tendência indefinida

A sinalização de uma subida das taxas de juro americanas e o anúncio de bons indicadores económicos na Europa geraram alguma indecisão nos investidores. As bolsas fecharam sem uma tendência definida.

BPI: lucros cresceram 39%

O BPI não desiludiu e os lucros do primeiro semestre vieram em linha com o esperado. A OPA deverá avançar até outubro e a cotação está sustentada pelo preço da oferta: 1,113 por ação.

Veolia: primeiro semestre com sinais contraditórios

Os resultados do primeiro semestre foram contraditórios, mas a segunda metade do ano beneficiará da aceleração da atividade. A prazo, as perspetivas continuam promissoras.

Cisco Systems: fecha o ano em beleza

Exercício de 2015/16 terminou com um último trimestre em linha com as nossas expectativas. A intensificação da restruturação deverá suportar os resultados futuros. Mantém bom potencial.

Syngenta: passo crucial para a aquisição pela ChemChina

A cotação aumentou fortemente após a luz verde do "Comité de Investimentos Estrangeiros nos Estados Unidos" para a sua aquisição pela ChemChina. Recomendámos que os acionistas aceitem a oferta.

Nestlé: estimativas inalteradas

Declínio de 7,2% do lucro por ação semestral ficou a dever-se a um ajuste fiscal.

Applied Materials: trimestre melhor que o esperado

O grupo americano de materiais para semicondutores apresentou um resultado melhor do que o esperado no seu terceiro trimestre de 2015/16. Revimos em alta as nossas estimativas.



Acesso exclusivo para subscritores

  • Análises independentes
  • Conselhos especializados
  • Comparação de produtos


Conteúdo reservado para subscritores X

Vantagens exclusivas

  • Conselhos isentos
  • Avaliação de produtos financeiros
  • Carteiras de ações e de fundos

"Sigo os conselhos da Proteste Investe e, este ano, estou a ter uma rentabilidade de 5% na minha carteira de investimento."