Este website utiliza cookies que facilitam a navegação, o registo e a recolha de dados estatísticos.
A informação armazenada nos cookies é utilizada exclusivamente pela PROTESTE INVESTE. Ao navegar com os cookies ativos consente a sua utilização.
ver mais sobre cookies
ok, continuar
Universo DECO:

Ações: análises e conselhos

Resultados das empresas, perspetivas futuras, mudanças de conselho, operações de compra, venda ou aumento de capital: as análises regulares das ações incluídas na nossa seleção pretendem ajudá-lo, de modo simples e objetivo, nas suas decisões de investimento.



Análises mais recentes

Zurich Insurance: cotação com novo impulso

A queda da cotação da seguradora Zurich Insurance no início do ano parece já pertencer ao passado.

Royal Dutch e Total: venda de ativos no setor petrolífero

As vendas de ativos estão a aumentar entre os intervenientes do setor de petróleo.

Lufthansa: impacto da queda de avião da Germanwings

A queda de um avião da Germanwings (filial de baixo custo da Lufthansa) nos Alpes franceses é um novo golpe para a companhia alemã.

ArcelorMittal: União Europeia vai impor direitos anti-dumping

Confirmou-se no início de março último que a União Europeia vai impor direitos anti-dumping sobre as importações de aço inoxidável da China e da Formosa.

Investir no desporto

A 7 de abril comemora-se o dia mundial da saúde, com a prática crescente do desporto a estimular o mercado de equipamentos desportivos. Será um bom investimento?

BCP: vende participação no Bank Millennium

O BCP vendeu 15,4% da sua participação no Bank Millennium.

REN: lucros descem 7% em 2014

Os resultados da REN saíram em linha com o previsto.

Glintt: faturação continua em queda

A faturação da empresa voltou a cair em 2014, mas uma melhoria da performance operacional permitiu que o lucro ficasse em linha com o ano anterior.

Acesso exclusivo para subscritores

  • Análises independentes
  • Conselhos especializados
  • Comparação de produtos


Conteúdo reservado para subscritores X

Vantagens exclusivas

  • Conselhos isentos
  • Avaliação de produtos financeiros
  • Carteiras de ações e de fundos

"Sigo os conselhos da Proteste Investe e, este ano, estou a ter uma rentabilidade de 5% na minha carteira de investimento."