Este website utiliza cookies que facilitam a navegação, o registo e a recolha de dados estatísticos.
A informação armazenada nos cookies é utilizada exclusivamente pela PROTESTE INVESTE. Ao navegar com os cookies ativos consente a sua utilização.
ver mais sobre cookies
ok, continuar
Universo DECO:

Imobiliário: análises



Análises mais recentes

Porta 65: 3ª fase do apoio ao arrendamento jovem já arrancou

Nos próximos tempos haverá certamente maior procura por imóveis para arrendar. A nossa calculadora ajuda-o a saber se pode ser rentável arrendar o seu imóvel.

Condomínios já podem contar com a nossa intervenção

Criámos o serviço Condomínio DECO+, que inclui a nossa intervenção nesta área e uma plataforma de gestão online. Também negociámos vantagens para os subscritores: podem poupar € 500 por ano no seguro multirriscos-condomínio.

Fundos imobiliários: recuperação à vista?

Os fundos imobiliários, em média, continuam a apresentar retornos negativos. Mas há sinais que permitem antever uma recuperação a médio prazo.

Avaliação a pedido: T2 em Massamá

“Gostava de saber a vossa opinião sobre o valor máximo para que a compra de um imóvel em leilão seja um bom negócio. Não se destina a investimento, mas a habitação própria.”

Investir para arrendar: siga os passos dos senhorios mais rentáveis

Saiba como minimizar o risco do inquilino não pagar atempadamente as rendas acordadas.  Pondere exigir uma garantia bancária. É provavelmente melhor do que um seguro de rendas.

Avaliação a pedido: Fundrise

“Qual a vossa opinião sobre o Fundrise?”

Avaliação a pedido: T4 em Paredes

“Estão a pedir-me 125.000€ por um T4 em Paredes (Porto), com área total superior a 200m². É um valor justo?”

Preços estão altos no imobiliário do Baixo Minho

Os valores de mercado dos apartamentos minhotos têm de descer até 49% para o negócio ficar atrativo.

Conteúdo reservado para subscritores X

Vantagens exclusivas

  • Conselhos isentos
  • Avaliação de produtos financeiros
  • Carteiras de ações e de fundos

"Sigo os conselhos da Proteste Investe e, este ano, estou a ter uma rentabilidade de 5% na minha carteira de investimento."