Análise

Certificados de aforro caem na preferência dos portugueses

Há 2 anos - segunda-feira, 13 de fevereiro de 2017
O montante aplicado em certificados de aforro, no ano passado, caiu 42%. Em 2017, o cenário poderá piorar: com o fim dos prémios fixos nas séries B e C, a remuneração é agora bastante mais baixa e os resgates tenderão também a aumentar significativamente.
 
 
 
 

As análises e os conselhos dos nossos especialistas estão reservados para membros.

Deseja aceder? Registe-se gratuitamente