Este website utiliza cookies que facilitam a navegação, o registo e a recolha de dados estatísticos.
A informação armazenada nos cookies é utilizada exclusivamente pela PROTESTE INVESTE. Ao navegar com os cookies ativos consente a sua utilização.
1.º MÊS GRATUITO
Conselhos independentes de investimento

Depósito NB Viagem: rendimento que voa baixinho

Data da publicação: 04/09/2017

A mais recente campanha do Novo Banco é um depósito cujo objetivo é poupar para a próxima viagem. Não permite reforços, nem resgate antecipado e o mínimo de constituição é de 5 mil euros.

O NB Viagem é um depósito do Novo Banco pelo prazo de 180 dias. O mínimo de constituição é de 5 mil euros e não existe montante máximo. Não são permitidos reforços. Encontra-se em comercialização até 13 de outubro e é exclusivo para novos capitais.

 

Não são permitidas mobilizações antecipadas, parciais ou totais, durante o prazo do depósito. Assim, só pode utilizar o capital após o vencimento deste.

 

Rendimento que voa baixinho

Os juros são pagos no vencimento, por crédito na conta à ordem de suporte, à taxa de 0,4% bruta. Assim, em termos líquidos, é remunerado a 0,288%.

 

Cheques brinde para atrair clientes

Cada vez mais os bancos utilizam outras formas de captar a atenção dos clientes, pois com o rendimento isso é quase impossível. Prémios e sorteios são sempre uma forma infalível. Neste caso, o Novo Banco vai efetuar 8 sorteios (um por semana) de cheque brindes com montantes entre 1400 e 3400 euros. Valores que devem ser utilizados exclusivamente para o pagamento de serviços disponibilizados pela agência Top Atlântico (viagens e estadias), mas não entre junho a setembro e de 15 de dezembro a 5 de janeiro, bem como em épocas de festividades. Para usufruto até 30 de setembro de 2019.

 

Ou já tem o dinheiro ou fica em casa

Os brindes não são a melhor forma de analisar o interesse de um produto financeiro, até porque o mais provável é que não seja o feliz contemplado do sorteio. Por isso, não vá nas cantigas dos sorteios.

 

Por outro lado, há um conjunto de razões pelas quais este depósito não é assim tão vantajoso como o apresentam. Se gosta de viajar certamente já pensou que útil que seria ter um produto financeiro que lhe permitisse disciplinar a poupança ao longo do ano, efetuando entregas regulares, que teria ao seu belo dispor no momento que entendesse e ainda ganhar alguma coisa com isso, bem melhor do que o tradicional método do mealheiro.

 

Mas não é bem esse o conceito desta conta, pois não é uma conta de poupança. É um depósito normal, que se apelida de “DP Viagem”, mas podia muito bem ter outra designação qualquer. A “Viagem” está aqui apenas pelos sorteios dos cheques brinde para utilizar na agência.

 

Relativamente ao produto financeiro em questão, que é o que nos interessa, não permite reforços – pelo que não serve como ferramenta para disciplinar a poupança – e também não permite mobilização antecipada – ou seja, não pense que pode utilizar o dinheiro aplicado para viajar quando entender. E um detalhe não menos importante: o montante mínimo de constituição desta conta é de... 5 mil euros! Ou seja, ou já tem o montante para viajar agora, no momento atual, ou então não vai a lado nenhum porque esta conta também não o vai ajudar na tarefa de acumular uma poupança.

 

Infelizmente é só mais um exemplo de um produto financeiro desajustado do interesse e necessidades reais dos aforradores, mas serve muito bem o propósito do banco em recolher capital que passa a estar indisponível para o cliente. Se a isto adicionarmos o facto de o banco remunerar à taxa de 0,288% líquida, concluímos que não fará voos muito longos com os juros da conta. Por exemplo, por cada 5 mil euros aplicados, receberá a magnífica quantia de 7,2 euros no final do prazo. Poupe para viajar, sim. Mas tenha atenção aos produtos e métodos de poupança que escolhe.

Conteúdo reservado para subscritores X

Vantagens exclusivas

  • Conselhos isentos
  • Avaliação de produtos financeiros
  • Carteiras de ações e de fundos

"Sigo os conselhos da Proteste Investe e, este ano, estou a ter uma rentabilidade de 5% na minha carteira de investimento."